Lucas Braga se reinventa no Santos e vira jogador versátil com Bustos 

102
Lucas Braga durante treino do Santos — Foto: Ivan Storti/Santos FC

Atacante é reconhecido por se adaptar a várias funções e chega até a ser lateral-direito em algumas partidas.


Lucas Braga é um jogador versátil no Santos. Originalmente, o camisa 30 é atacante pelo lado esquerdo do campo. Porém, desde a chegada do técnico Fabián Bustos, ele tem buscado se adaptar a outras funções.

Com treinadores anteriores, Braga se acostumou a jogar como um ponta-esquerda, em um esquema 4-3-3, sendo mais agudo e dando profundidade ao ataque. Contudo, com o treinador argentino, ele passou para a linha de meio campo, em um 4-4-2, ainda pelo lado esquerdo. O atacante falou sobre as mudanças no estilo de jogo.

“No sistema 4-4-2, os pontas jogam mais por dentro, muitas vezes de costas para o adversário para que os laterais passem mais, criando mais opções de jogadas. Na minha antiga função, eu jogava mais pelos lados do campo, de frente para os adversários. Basicamente, essa é a única mudança. Estou buscando jogo a jogo me adaptar à nova função”. 

Em alguns jogos, o camisa 30 do Peixe chegou a ser escolhido como o substituto de Ângelo, pelo lado direito do campo. Apesar de não estar acostumado a atuar por aquele setor, o atacante tem buscado achar maneiras, durante os treinos, para desenvolver jogadas. 

“Jogar pelo lado direito me possibilita fazer jogadas de linha de fundo e cruzamentos com a perna boa. Durante os treinamentos procuro trabalhar dos dois lados para, quando houver a oportunidade, eu possa estar preparado”. 

Na vitória por 1 a 0 contra o Unión La Calera, na última quarta-feira (18.mai), pela Copa Sul-Americana, Braga começou o jogo como meia pela esquerda, mas terminou como lateral-direito, dando apoio a Lucas Barbosa. Para ele, a improvisação não foi novidade. 

“Em 2020 já havia feito algumas partidas de lateral-direito com o técnico Cuca. No ano passado, joguei boa parte do Campeonato Brasileiro como ala pela esquerda com o técnico Fábio Carille. Esse ano havia participado de alguns treinamentos com o técnico Fabián Bustos nessa função. Me sinto bem pois, no meu estilo de jogo, acabo pegando a bola sempre de frente para os adversários, facilitando nas jogadas de um contra um”. 

O próximo desafio do Peixe será contra o Ceará, neste sábado, às 18h30, pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar de ser mando do Peixe, o jogo será disputado na Arena Barueri. Lucas Braga espera que a vitória contra Unión La Calera e o apoio do torcedor ajudem o time a embalar e conquistar mais uma vitória na competição. 

“Essa vitória nos dá moral para buscarmos um grande resultado contra o Ceará. A Arena Barueri é praticamente um campo neutro. Teremos que fazer valer o apoio da torcida e a intensidade que temos colocado nos últimos jogos”.

*Com informações do ge