Investimentos de R$ 2,5 bilhões no programa Novas Estradas Vicinais beneficiará Estado de São Paulo

273

Na etapa inicial, será investido R$ 1,2 bilhão em obras licitadas pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem), somando 139 vicinais.


O Governo do Estado de São Paulo, nesta quarta-feira (5), em evento no Palácio dos Bandeirantes, lançou o programa Novas Estradas Vicinais. Serão investidos R$ 2,5 bilhões em 3 mil quilômetros de estradas. Na oportunidade o governador João Doria apresentou licitação para contratação da fase 1 e 2  do programa, que irá recuperar e modernizar 1.563 quilômetros de estradas de responsabilidade municipal em todo o estado. Nesta etapa inicial, será investido R$ 1,2 bilhão em obras licitadas pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem), somando 139 vicinais.

O deputado Itamar Borges, que esteve presente no evento e faz gestão junto ao governo por melhorias nas vicinais da região destaca a importância desse programa. “Sempre trabalhei pela melhoria nas vicinais e fico muito feliz com essa conquista. A realização destas obras é muito importante para os municípios, pois representam um grande polo gerador de emprego, o pacote do Governo de São Paulo vai gerar cerca de 15 mil, entre vagas diretas e indiretas.  Além disso, o investimento nas estradas contribui com o Turismo ecológico e rural, com melhorias que facilitam o escoamento da produção e transporte, levando mais conforto, segurança e desenvolvimento à cidade e a toda população”, disse o parlamentar.

O lançamento representa um marco para os municípios que têm dificuldade na manutenção dessas estradas tão importantes. As obras vão gerar empregos e quando ficarem prontas trarão ainda mais desenvolvimento para as regiões. Apesar da crise em decorrência da pandemia, a economia de São Paulo se mantém em crescimento. Segundo a Fundação Seade, o PIB paulista registrou alta de 0,4% de 2020, enquanto que o índice do Brasil recuou 4,1% no período.

Com a nova matriz logística de São Paulo, o Governo do Estado pretende melhorar a integração de todos os modais de transporte: malhas rodoviária, férrea, hidroviária e aerorrodoviária, e garantir agilidade no transporte de cargas e segurança na circulação de pessoas.

Em março, o DER, órgão da Secretaria de Logística e Transportes, publicou o edital de concorrência pública para a primeira e a segunda fase.

Nas duas etapas com editais publicados, os municípios deverão firmar convênios com o DER. As vicinais foram divididas em estradas que ligam polos geradores de produtos e serviços e rodovias estaduais, além das que dão acesso a municípios.

A lista completa de vicinais contempladas nas fases 1 e 2 pode ser consultada no site do DER (www.der.sp.gov.br), na seção de licitações.