Verstappen vence prova em Interlagos com batida entre Ferraris

242

Holandês, que já havia sido o mais rápido no sábado, triunfa em disputa cheia de reviravoltas; Hamilton é punido em cinco segundos por acidente e deixa o top 3.

Max Vestappen vence GP do Brasil e Pierre Gasly segura Hamilton e chega em segundo lugar.

O holandês Max Verstappen fez valer sua condição de mais rápido do final de semana e conquistou, na tarde deste domingo, a vitória no GP do Brasil de F1, em Interlagos, na zona sul de São Paulo. O piloto da RBR, que havia sido o pole position, venceu a prova, repleta de reviravoltas e surpresas.

Em segundo lugar, num desfecho sensacional, ficou Pierre Gasly, da STR, o primeiro da carreira – ele foi à loucura ainda no carro com a façanha.

O hexacampeão mundial Lewis Hamilton, com sua Mercedes, ficou em terceiro. Porém, depois da prova e do pódio, acabou punido em cinco segundos pelos comissários por bater em Alexander Albon, da RBR. Com isso, despencou na classificação

Incrivelmente, as duas Ferraris de Sebastian Vettel e Charles Leclerc, favoritas a vencer a prova, colidiram e acabaram fora da prova quando brigavam para ir ao pódio.

O espanhol Carlos Sainz, da McLaren, que havia largado na última posição, terminou em quarto e foi beneficiado com a reclassificação de Hamilton.

A próxima corrida será disputada no dia 1º de dezembro em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. Será a última prova da temporada 2019.