Governo de SP diz que entregará até quarta-feira doses para iniciar vacinação de idosos na próxima semana 

395

Segundo o governo, a gestão entregará até quarta-feira (3) 587 mil doses destinadas para a vacinação de idosos com 90 anos ou mais. Público deve começar a ser vacinado contra a Covid-19 no dia 8 de fevereiro.


O governo de São Paulo anunciou que entregará até quarta-feira (3) 587 mil doses da CoronaVac, vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac. O lote será destinado para a vacinação de idosos com 90 anos ou mais cujo início está previsto para o dia 8 de fevereiro. 

“O governo do estado de São Paulo confirma que iniciará a vacinação de idosos com 587 mil doses da vacina do Butantan no próximo dia 8 de fevereiro. O envio dessas doses vai ocorrer até a quarta-feira desta semana para todas as regiões do estado”, disse o governador João Doria (PSDB). 

O anúncio foi feito durante uma coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, na Zona Sul de São Paulo. 

A previsão é a de que os idosos na faixa etária entre 85 e 89 anos começarão a ser imunizados no dia 15 de fevereiro. 

O governo de São Paulo também anunciou a criação de uma comissão médica da educação para orientar o retorno do ensino presencial no estado de São Paulo. 

“Essa comissão é formada por especialistas com destaque nas áreas de pediatria, infectologia e epidemiologia. Essa comissão médica que vai assessorar a educação e contribuirá para garantir suporte técnico e científico para que a volta às aulas seja realizada de forma responsável e absolutamente segura na rede estadual de educação”, disse Doria. 

Ainda, segundo o governador, a comissão trabalhará integrado com o Centro de Contingência da Covid-19. 

As escolas particulares do estado de São Paulo estão liberadas para o retorno das aulas presenciais a partir desta segunda-feira (1º), desde que sigam protocolos de proteção contra a Covid-19. A decisão da data retorno presencial caberá a cada instituição. 

O retorno na rede pública estadual está marcado para o próximo dia 8 

Campanha de vacinação contra a Covid-19 

A vacinação começou no dia 17 de janeiro no Hospital das Clínicas, após a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovar o uso emergencial da CoronaVac, vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac. 

O grupo que começou a ser vacinado é composto por profissionais da saúde que atuam na linha de frente de combate à Covid-19, quilombolas, povos indígenas, idosos residentes em instituições de longa permanência.