Geladeira com mil doses de vacina contra a Covid-19 tem pane em Jales 

179

Caso foi denunciado pelos vereadores de Jales/SP Hilton Marques (PT) e Carol Amador (MDB), durante a sessão da câmara de segunda-feira (14). Prefeitura afirmou que doses foram encaminhadas ao Instituto Butantan para análise.


Cerca de mil doses de vacinas contra a Covid-19 podem ter sido perdidas em Jales/SP depois que a geladeira que as armazenava apresentou problema. O caso foi denunciado pelos vereadores Hilton Marques (PT) e Carol Amador (MDB), durante a sessão da câmara de segunda-feira (14).

De acordo com o vereador Hilton Marques, o município tem milhares de doses em estoque, conforme um levantamento feito por ele no site do Governo do Estado.

O vereador afirmou que o Estado encaminhou 33,6 mil vacinas a Jales e que, no site do Governo do Estado, constam 25,2 mil vacinas administradas. Já no site da prefeitura, até o dia 7 de junho, eram 24,2 mil vacinas administradas, com diferença de mais de 9 mil doses paradas. 

“O estado mandou a Jales 33.609 vacinas. No site do Governo do Estado, o município consta 25.220 vacinas administradas. Ou seja, pelo site do Governo do Estado a gente tem 8.369 vacinas paradas. Pelo site da prefeitura, através do projeto da lista de transparência, atualizado até dia 7 de junho, ministramos 24.223 vacinas, dando diferença de 9.376 vacinas. Ou seja, por esses números, a gente vê que a vacina está parada em estoque.” 

Em seguida, o vereador afirmou que recebeu a informação de que o município pode ter perdido cerca de mil doses do imunizante CoronaVac, produzido pelo Instituto Butantan, por causa de um problema no ponto de energia onde uma geladeira que fazia o armazenamento estava instalada. 

“A informação que a gente obteve, e ela é real, Jales pode ter perdido mil doses de vacinas da CoronaVac. Isso significa 500 pessoas vacinadas. A vacina não pode estar no estoque, mas no braço do cidadão”, disse Hilton na sessão. 

“[…] É algo que a gente tem que estar vendo com muita rapidez, urgência, e verificar isso. Essas mil doses vão para verificação e há chances de que se percam. De que forma? Parece que teve uma sobrecarga de energia, queimou a geladeira, algo neste sentido. Mas não pode ficar lá, não são só mil doses, eram mais doses e tivemos a sorte que todas não estavam na mesma geladeira.” 

Hilton ressaltou que a possível perda das vacinas não foi uma falha da atual gestão da Secretaria da Saúde, mas afirmou que é importante que a Câmara de Vereadores acompanhe o caso. 

A Prefeitura de Jales/SP confirmou o problema na geladeira que armazenava as cerca de mil doses do imunizante. Afirmou também que, por enquanto, não é possível afirmar se as vacinas foram perdidas, mas o GVE foi notificado e as doses foram encaminhadas ao Instituto Butantan para análise. 

*Com informações do g1