Frente Parlamentar Brasil-China emite nota de repúdio contra declarações de Paulo Guedes

179

Deputado federal Fausto Pinato (PP-SP), lamentou as declarações feitas pelo ministro da Economia, durante uma reunião virtual do Conselho de Saúde Suplementar, nesta terça-feira (27), transmitida ao vivo pelas redes sociais do Ministério da Saúde.

O presidente da Frente Parlamentar Brasil-China do Congresso Nacional, deputado federal Fausto Pinato (PP-SP), lamentou as declarações feitas pelo ministro da Economia Paulo Guedes, durante uma reunião virtual do Conselho de Saúde Suplementar, nesta terça-feira (27), transmitida ao vivo pelas redes sociais do Ministério da Saúde. 

Na ocasião, Guedes afirmou que ‘o chinês inventou o vírus’, atribuindo à China a responsabilidade pela pandemia da Covid-19, ‘mas tem uma vacina menos eficiente do que a desenvolvida por empresas americanas’. A frase foi dita no momento em que ele alegou que os testes clínicos verificaram maior eficácia de imunizantes desenvolvidos por farmacêuticas como Pfizer e Moderna, dos Estados Unidos, o que não é verdade. 

Para Fausto Pinato, a fala do ministro é de tom ideológico, uma bravata para ofuscar sua incapacidade frente à crise econômica.  

Leia a nota na íntegra: 

Nota da Frente Parlamentar Brasil-China do Congresso Nacional 

As declarações lamentáveis do ministro Paulo Guedes, atribuindo à China a ‘fabricação’ do vírus da Covid-19, é uma estratégia desbotada do Governo Federal. 

Sempre que um ministro não consegue cumprir o prometido ao povo brasileiro, ele copia uma narrativa dos bolsonaristas ‘terraplanistas‘ e a solta na mídia como se fosse uma ‘pérola’ para desviar a atenção do seu fracasso. 

O ministro Paulo Guedes não fugiu desta prática. Ciente de que a economia do Brasil vai muito mal, ele decidiu criticar a nossa maior parceira comercial, a China, como se fosse a inimiga da nação brasileira. 

Em qualquer governo sério e responsável, um ministro que vai a público falar mentiras sobre o maior parceiro comercial de seu país certamente seria demitido de imediato. Lamentavelmente, isso não acontece no Brasil, onde as narrativas mentirosas contra a China são tidas como estratégia positiva pelo clã bolsonarista. 

Só Deus para nos proteger da irresponsabilidade e da inconsequência política. 

Deputado Federal Fausto Pinato  – Presidente”

Vacinação contra a COVID-19 e relação Brasil – China 

De acordo com o embaixador chinês no Brasil, Yang Wanming, a China é o principal fornecedor de IFA (insumos de vacinas) e de imunizantes ao Brasil, correspondente a 95% das vacinas aplicadas em todo o país. Cerca de 60% dos grupos prioritários na fase emergencial foram vacinados com imunizantes fabricados na China. A Coronavac, por exemplo, representa 84% das vacinas aplicadas no Brasil.