FESTIVIDADES NA CONCHA – Sexta sertaneja com jeito “simprão” e “bruto”

237

Dentro da programação de Natal do projeto “Festividades na Concha” hoje, logo mais às 20h30 sobem ao palco os sertanejos Mazzo e Gabriel. A apresentação conta com um show eclético e repleto de canções autorais do CD “Nosso Tempo” (2016), EP “Estouro no Pizeiro” (2017) e a trilha do mais recente videoclipe, “Declaração de Cachaceiro” (2018).

Conheça a dupla Mazzo e Gabriel:

Dirlei de Oliveira Mazzo, nasceu em Jacutinga, distrito de Ivaiporã, no Paraná e Jeferson Rigon dos Santos (Gabriel), nasceu em Jaboticaba no Rio Grande do Sul.

Aos 12 anos Mazzo, saiu de Jacutinga e foi morar em Ivaiporã, sempre trabalhando como boia fria por falta de opções na época, ele cantava o dia todo nas fazendas de café, algodão, roçadas e outras plantações. Com 15 anos e com pouco estudo, pois abandonou as salas de aula por ser um sonhador e apaixonado por música sertaneja, começou a cantar em bandas locais, ao se mudar para a cidade de Apucarana – PR. Foi assim que com 19 anos foi morar no estado de Santa Catarina, na região de Blumenau, onde em 2005 nasceu a primeira formação da dupla Mazzo e Gabriel, mas por motivos pessoais, em 2012 a dupla se separou.

Após o acontecido, Mazzo decepcionado, desistira do seu sonho. Em reposta a isso, foi morar no interior do Rio Grande do Sul, em uma cidade com pouco mais de 4 mil habitantes, chamada Jaboticaba, cidade em que Jeferson, hoje com nome artístico Gabriel, nasceu e cresceu.

Após um ano da mudança da vida de Mazzo, conhece Jeferson Rigon dos Santos, que entre algumas brincadeiras com o violão, conversas e muita insistência de sua parte, convence Jeferson a formar uma dupla sertaneja, pois notou que sua voz, estilo, gosto musical e caráter se encaixava perfeito no sonho de infância de Mazzo, cantar o sertanejo bruto.

Nasceu em fevereiro de 2016 a segunda e última formação dos brutos Mazzo e Gabriel, sim os brutos, maneira que são reconhecidos na pequena cidade de Jaboticaba e em toda a região que já conquistaram, o reconhecimento veio do estilo musical, pela voz grave marcante e o jeito “simprão” de ser.

Gabriel passou a viver e batalhar pelo mesmo sonho que Mazzo. Com isso, a dupla começa a desenvolver o projeto de duas músicas com o objetivo de promover o nome Mazzo e Gabriel, sendo elas “Peão do Mato” e “To sortin”. Mas com tanto talento para cantar e compor, com apenas 10 meses de formação, com muito trabalho e ajuda de amigos e familiares, a dupla consegue gravar um CD com 14 faixas, sendo 13 faixas composições próprias. Foi intitulado o nome “Nosso Tempo”, nome da musica de trabalho da dupla.

Após o CD a dupla segue com conquistas, obtendo reconhecimento por onde passam, e agora buscando mostrar seu trabalho no estado mais cobiçado pelo sertanejo, o Paraná, estado que a dupla sonha em conquistar. Nada mais justo do que começar pelo município de Maringá.