Estudante fica ferido após ser atropelado por motorista embriagado na região

315
Estudante empurrava carro quando atropelado por outro veículo em Guapiaçu - Foto: Arquivo Pessoal

Motorista de 37 anos foi preso em flagrante; adolescente é filho do Cb Bruno do 9º BAEP (Rio Preto) e neto do radialista Jair Viana.

Um estudante de 16 anos ficou gravemente ferido após ser atropelado por um carro na rua Prefeita Maria Ivanete Vetorasso, em Guapiaçu, na madrugada do último sábado, 7.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima empurrava um veículo quebrado com outros três amigos quando foi atingida por trás.

Com o impacto da colisão, o estudante foi lançado para frente e foi prensado pelos dois carros, sofrendo fraturas no joelho e punho esquerdo, além de ferimentos graves pelo corpo.

Segundo o boletim de ocorrência, policiais foram acionados e perceberam que o motorista que causou o acidente apresentava sinais de embriaguez.

Ao ser questionado, o condutor de 37 anos confessou que tinha ingerido duas latas de cerveja e se negou a fazer o teste do bafômetro, mas aceitou colher sangue para constatação de dosagem alcoólica.

Ele foi preso por embriaguez ao volante e encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de São José do Rio Preto (SP). No entanto, foi solto na tarde desta segunda-feira, 7.

Já o estudante foi socorrido e encaminhado para um hospital de Rio Preto, onde precisou ser intubado e segue internado.

Segundo o avô da vítima, Jair Viana, radialista que trabalhou por muitos anos na Rádio Clube de Votuporanga, “Meu neto está entubado na UTI, mas já teve uma melhora significativa, na semana que vem já vai para o quarto”, disse.

A Policia Militar de Rio Preto e a família do adolescente realizaramuma campanha para coletar sangue para suprir o banco de sangue do Hospital Beneficência Portuguesa, já que o jovem teve muita necessidade. A resposta, segundo Jair Viana foi tão grande, que o Hospital pediu para a família parar de enviar doadores de sangue porque excedeu o limite.  Na manhã de ontem a família estava transferindo os doadores para o Hospital de Base.