Enquanto Doria afrouxa a quarentena, Jales tem UTI superlotada por coronavírus

1934

Enquanto o governador João Doria (PSDB) autoriza que municípios reabram o comércio a partir da segunda-feira, 1º, os casos de coronavírus disparam na região e o sistema de saúde começa a ser pressionado pela doença.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura de Jales nesta quarta-feira, 27, cinco dos seis leitos de UTI disponibilizados para pacientes com coronavírus estão ocupados.

A Santa Casa de Jales recebe pacientes de 16 cidades da microrregião. O hospital atende cerca de 100 mil habitantes. Além da UTI para adultos há um leito de UTI para crianças e 10 leitos clínicos para pacientes de Covid-19. Apenas um leito de enfermaria está ocupado.

Jales tem neste momento 13 pacientes em tratamento, sendo que dois deles estão na UTI e outro na enfermaria.

A Unidade de Terapia Intensiva da Santa Casa tem dois pacientes de Jales, um paciente de Dolcinópolis, um de Pontalinda e um de Urânia.

Mesmo com a alta taxa de ocupação na UTI, a partir de segunda-feira, 1º, o prefeito Flá Prandi (DEM) poderá, de acordo com o Plano SP apresentado ontem pelo governador João Doria, permitir a abertura do comércio.

Entre terça e quarta-feira Jales passou dos 14 casos positivos para 21. (O Extra Net)