Detento do CDP de Rio Preto morre após passar mal em cela

175

Danilo Rodrigues Diniz Silvério, de 30 anos, apresentou falta de ar e palpitações; há suspeita da Covid-19.


Um detento do CDP (Centro de Detenção Provisória) de São José do Rio Preto/SP morreu após passar mal na noite de sábado (27). 

De acordo com as informações do boletim de ocorrência, Danilo Rodrigues Diniz Silvério, de 30 anos, estava em uma cela com outros 18 detentos quando se sentiu mal, com falta de ar e palpitações.

Segundo o B.O., ele foi socorrido e encaminhado à enfermaria da unidade. O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado, mas os médicos constataram a morte do detento. Há suspeita de que Danilo morreu por Covid-19 e o médico do SAMU fez o teste, mas o resultado não foi informado à polícia. 

O corpo de Danilo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) e o caso foi registrado na Central de Flagrantes como morte suspeita. 

Em nota, a SAP (Secretaria da Administração Penitenciária) disse que não foram registrados casos da Covid-19 entre os detentos da unidade e que o preso foi socorrido após passar mal, mas exames devem determinar a causa da morte. 

A SAP também disse que a família de Danilo foi informada sobre a morte e foi instaurado um Procedimento Apuratório, além do registro do boletim de ocorrência. 

Desde o início da pandemia, 27 agentes do CDP foram contaminados com o coronavírus, mas todos se recuperaram e retornaram ao trabalho.

*Com informações do g1