Covid – Reabertura do comércio em cidades da região faz disparar internações

1379

O Hospital Unimed Araçatuba registrou, de segunda-feira (1) até ontem (5), um aumento significativo nos casos de internações por suspeita de covid-19, causada pelo novo coronavírus.

O aumento acontece no mesmo período em que o Plano São Paulo, do governo estadual, autorizou a reabertura do comércio e de outros serviços na cidade. Após decisão do prefeito Dilador Borges (PSDB), bares, restaurantes, salões de beleza e barbearias também conseguiram permissão para funcionar.

“Nós estamos fazendo esse boletim como um alerta. As pessoas não estão respeitando o isolamento social. Nós queremos manter o comércio aberto, reativar a economia, mas para isso você é parte importante. Se você não precisa sair na rua, se não tem um compromisso, não vá. Evite aglomeração. E, se você precisa ir, use máscara de proteção facial e evite ficar próximo das pessoas”. De acordo com o último boletim divulg​​ado pela Prefeitura de Araçatuba, a cidade contabiliza 181 casos confirmados da doença e sete mortes.

RIO PRETO

Em Rio Preto, ​a Secretaria de Saúde alertou para o grande número de pessoas internadas na cidade com síndrome respiratória aguda grave (SRAG). Em nova atualização dos números de casos envolvendo o coronavírus (Covid-19) a gerente da vigilância epidemiológica Andréia Negri informou nesta sexta-feira, dia 5, que Rio Preto tem 828 pessoas contaminadas pela doença. São 9.509 pacientes atendidos com estado gripal desde o início da pandemia, com 6.245 testes realizados (65% do total), com 5.417 resultados negativos para Covid-19.

“Está internando mais do que dando alta, esse acréscimo nas internações é um indicador importante que nós avaliamos dia a dia”, diz Andreia Negri Reis, gerente do Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde.​