Corrida pela vacina: Fausto Pinato pede ajuda ao presidente chinês Xi Jinping e critica o ministro Ernesto Araújo

201

Presidente da Frente Parlamentar Brasil-China, Fausto Pinato, enviou uma carta ao presidente chinês solicitando a ajuda dele para a liberação das exportações de insumos farmacêuticos para fabricação das vacinas Coronavac e Oxford/Astrazeneca no Brasil.


O presidente da Frente Parlamentar Brasil-China no Congresso Nacional e da Frente Parlamentar dos BRICS, deputado federal Fausto Pinato (PP-SP), enviou na última terça-feira (19) uma carta ao presidente chinês Xi Jinping, solicitando a ajuda dele para a liberação das exportações do princípio ativo IFA – Insumo Farmacêutico Ativo, matéria-prima essencial na fabricação das vacinas Coronavac e Oxford/Astrazeneca no Brasil. O documento foi protocolado na Embaixada da China, em Brasília (DF).

O deputado Fausto Pinato explicou que a liberação do IFA aos laboratórios brasileiros envolve também questões políticas, as quais dependem de articulação diplomática com o governo chinês. Ele criticou o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, pela sua falta de habilidade nas relações com a China neste momento crucial do enfrentamento à Covid-19.

“O presidente Jair Bolsonaro tem a faca e o queijo nas mãos para reconstruir a relação com a China. A relação entre os dois países é muito importante, ainda mais neste momento em que os Estados Unidos muda de presidente. Um gesto que o senhor ministro poderia fazer aos brasileiros e ao mundo é adotar uma nova postura e ajudar o Brasil a superar as crises dos últimos anos. É hora de mudar a estratégia e enxergar o óbvio”, afirmou Pinato.