Conmebol publica novo calendário da Copa América; Brasil estreia contra a Venezuela

227

Competição vai de 13 de junho a 10 de julho e reunirá 10 seleções sul-americanas na Argentina e Colômbia. Austrália e Catar desistiram da disputa.


A Conmebol divulgou nesta segunda-feira (15) a nova tabela da Copa América de 2021. Adiada por conta do Covid-19 no ano passado, a competição reunirá as 10 seleções do continente sul-americano. Sem convidados – Austrália e Catar desistiram de participar do torneio. 

A abertura será realizada em Buenos Aires no dia 13 de junho – com Argentina x Chile, na capital, e Paraguai x Bolívia, em Mendonza – e a final será disputada em Barranquilla, no dia 10 de julho. Os dois países sediarão as partidas. 

O Brasil ficará no grupo colombiano e joga em quatro cidades diferentes na primeira fase: 

  • A estreia brasileira será dia 14 contra a Venezuela, em Medellín. 
  • Depois, enfrenta o Peru, 18, em Cali. 
  • Em seguida, a dona da casa Colômbia, 24, em Barranquilla 
  • Fecha a primeira fase contra o Equador, 28, em Bogotá. 

Com dois grupos de cinco equipes, quatro se classificam. Depois, vêm as quartas de final, semifinais e final e disputa de terceiro e quarto lugar. As finalistas jogarão, portanto, sete partidas. 

Austrália e Catar desistiram de disputar a Copa América depois da Confederação Asiática de Futebol adiar os jogos das eliminatórias conjuntas para a Copa do Mundo de 2022 e para a Copa da Ásia de 2023 por efeitos da pandemia de Covid-19. 

Enquanto se define a Copa América, as seleções ainda aguardam definições sobre as Eliminatórias. A Fifa suspendeu a disputa da quinta e sexta rodada, que estava prevista para fim do mês de março. Não houve acordo com os clubes europeus para a liberação dos atletas daqueles países. Ainda não há data prevista para a reprogramação dos jogos.