Com músicas de Toquinho, peça de grupo carioca retrata imaginário infantil

234
Foto: Reprodução/Daniel Mello

Além de apresentar espetáculo “Quando eu sonho, viro sonho”, a Caramello Produções, do Rio de Janeiro, ministra o workshop ‘Teatro para primeira infância’ e participa de debate mediado por Dib Carneiro Neto. Programação faz parte do ‘Festival de Janeiro – Edição Especial’.


Caramello Produções, do Rio de Janeiro, traz para o terceiro dia do “Festival de Janeiro – Edição Especial” o espetáculo “Quando eu sonho, viro sonho”. A peça conta a história de Elisa, uma menina que adora sonhar e reinventar seus sonhos dentro do seu quarto. Um dia, ao ter o primeiro pesadelo, Elisa decide parar de dormir. Para ajudá-la a superar o seu medo de sonhar, surgem diversos outros personagens interpretados pela mesma atriz. O espetáculo do grupo carioca é embalado por músicas do cantor e compositor Toquinho, que é considerado um dos maiores criadores da história da música brasileira. 

A apresentação, online e gratuita da peça, será exibida nesta sexta-feira, dia 9 de abril, a partir das 19h, pelo site do festival (www.festivaldejaneiro.com) e também pelo Facebook do Sesi/SP. Antes do espetáculo “Quando eu sonho, viro sonho”, a Caramello Produções promove o workshop gratuito: “Teatro para primeira infância”, a partir das 11h. E depois da peça, a partir das 20h, será realizado um debate mediado por Dib Carneiro Neto, que é jornalista rio-pretense, dramaturgo e um dos mais importantes críticos da produção teatral feita atualmente para as crianças no Brasil. 

“Estes espaços de debates que o festival promove também são ricos para saber lidar com o ser humano. Muita gente não sabe ouvir. Eu também, como crítico teatral, também preciso aperfeiçoar essa arte de ouvir. Temos que respeitar e dialogar sobre as demais opiniões”, afirma Dib Carneiro. 

O “Festival de Janeiro – Edição Especial”, adaptado à realidade da pandemia, traz espetáculos que retratam o imaginário infantil, a arte circense, as possibilidades do universo online, além de releituras de clássicos. 

O projeto foi contemplado com recursos do edital PROAC Expresso Lei Aldir Blanc Nº 40/2020 – Produção e realização de Festival de Cultura e Economia Criativa com apresentação online. Os ingressos gratuitos para os espetáculos e as atividades formativas do festival estão disponíveis na plataforma Sympla. 

“É importante ressaltar que após a apresentação online, os espetáculos ficarão disponíveis no site até o dia 31 de maio”, afirmou Drica Sanches, que é a idealizadora do festival e da Cia. Fábrica de Sonhos. 

As atividades formativas serão realizadas via plataforma Zoom porque a capacidade é limitada a 20 inscritos. Todos os espetáculos terão tradução em libras. O “Festival de Janeiro – Edição Especial” tem patrocínio do Riopreto Shopping, apoio do Sesi/SP, World Games e Levare Transportes e promoção da TV TEM. A realização é da Cia. Fábrica de Sonhos, Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Economia Criativa e Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo e Secretaria Especial da Cultura. 

Espetáculos e atividades formativas 

Os próximos espetáculos do “Festival de Janeiro – Edição Especial” são “Era uma vez… A Cigarra e a Formiga” (Cia. Fábrica de Sonhos – São José do Rio Preto/SP, “Inzoonia” (Cia. Circo de Bonecos – Salto/SP, “Quando eu sonho, viro sonho” (Caramello Produções – Rio de Janeiro/RJ, “Memórias de um quintal” (Insensata Cia. de Teatro – Belo Horizonte/MG, “Atenção, respeitável público!” (Damião e Cia. de Teatro – Campinas/SP, “Super coach digital de como reverberar o intransponível saber híbrido da arte e suas subjetividades” (Trupe FANS – Jundiaí/SP, “Biscoitos” (Conforto & Cia – São Paulo/SP, “Napoleão” (Grupo Pavilhão da Magnólia – Fortaleza/CE, “Clownfusão, os internacionalmente desconhecidos” (Cia. Raros Circus – Ribeirão Preto/SP, “O Romance do Pavão Misterioso” (GT Mamulengo Sem Fronteiras – Brasília/DF e “A última aventura de Gilgamesh” (Essaé Cia. – Joinville/SC. 

Com o objetivo de fomentar a produção teatral para as crianças, compartilhar experiências artísticas e promover o intercâmbio de conhecimentos, entre grupos participantes e o público, o “Festival de Janeiro – Edição Especial” vai promover, também em formato online, as atividades formativas, com workshops e palestras ministradas por profissionais das companhias participantes. “As atividades formativas são de extrema importância para o festival e para o público porque os grupos selecionados compartilham conteúdos das pesquisas desenvolvidas pelos seus núcleos de atuação cênica. Todos os espetáculos e as atividades serão gratuitos”, afirma Drica Sanches. 

 Festival de Janeiro – Edição Especial

  • De 7 a 18 de abril de 2021. 
  • Espetáculos online diariamente às 19h (de segunda a sexta-feira) e 16h (sábados e domingo). 
  • Atividades formativas diariamente às 11h e debates após os espetáculos. 
  • Plataformas Youtube e Facebook da Cia. Fábrica de Sonhos e Facebook SESI/SP.