Com menos de duas semanas, pai, mãe e filha morrem de Covid-19: ‘Trauma inesperado’, diz parente 

580

Cícero Grilo morreu no último dia 16 de março. A esposa dele, Carmen Março Grilo, veio a óbito na madrugada desta segunda-feira (29). Já a filha do casal, Tânia Grilo de Morais, não resistiu às complicações da doença no domingo (28). Caso foi registrado em Nova Luzitânia/SP.


Com menos de duas semanas de diferença, três pessoas da mesma família morreram por complicações provocadas pelo novo coronavírus. O caso foi registrado em Nova Luzitânia/SP.

Cícero Grilo morreu no último dia 16 de março. A esposa dele, Carmen Março Grilo, veio a óbito na madrugada desta segunda-feira (29). Já a filha do casal, Tânia Grilo de Morais, não resistiu às complicações da doença no domingo (28). 

Rogério Março de Morais, diretor de administração e finanças de Nova Luzitânia, afirmou os três integrantes da família estavam internados na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da Santa Casa de Araçatuba/SP. 

“É um trauma inesperado. A gente se prepara para viver um evento de luto, mas viver três de uma vez só é traumatizante”, disse o sobrinho. 

Por conta das mortes, a Prefeitura de Nova Luzitânia decretou luto oficial por três dias. “Eu trabalho na prefeitura. É muito triste. Além da família, nós temos a cidade para cuidar”, contou Rogério Março de Morais. 

Nova Luzitânia contabiliza 224 casos confirmados de Covid-19, dos quais 189 estão curados e quatro morreram, segundo o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde. 

*Com informações do g1