Com apoio de Carlão Pignatari, noroeste paulista receberá quase R$ 1 bilhão para recuperação de rodovias 

147
Foto: Reprodução

Nova fase do programa Estrada Asfaltada foi anunciado nesta quinta pelo governador Rodrigo Garcia; 127 estradas serão recuperadas no Estado.


O presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, deputado Carlão Pignatari, participou nesta quinta-feira (19.mai) do lançamento da 2ª fase do Programa Estrada Asfaltada. Com o apoio do deputado, o noroeste paulista receberá quase R$ 1 bilhão para melhoria de rodovias.

Ao lado do governador Rodrigo Garcia, Carlão comemorou o benefício para mais de 50 municípios da região. Ao todo, serão recuperados e modernizados 837 quilômetros de estradas, incluindo a rodovia Euclides da Cunha (SP-320), desde Mirassol até a divisa com o Mato Grosso do Sul. 

A rodovia foi considerada a melhor do Brasil em 2021 pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) e Sest/Senat. Por ela, passam diariamente milhares de veículos, inclusive caminhões que fazem o caminho da exportação até o porto de Santos, por exemplo. 

Prefeitos e vereadores de todo o Estado participaram do anúncio, realizado no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. “É mais uma iniciativa de crescimento e desenvolvimento do governo de São Paulo para melhorar a vida das pessoas do nosso Estado. Esta é a história que está sendo escrita pelo novo governador Rodrigo Garcia”, disse Carlão Pignatari. 

Programa Estrada Asfaltada 

O programa Estrada Asfaltada foi lançado em junho de 2021 pelo governo de São Paulo e contempla investimentos e melhorias para as rodovias de todo o Estado. No ano passado, o programa realizou 150 obras, beneficiando 196 cidades do interior e do litoral. 

Neste ano, com investimentos de mais de R$ 2,9 bilhões em melhorias para rodovias de todo o Estado, serão realizadas 127 obras, que vão modernizar 2,1 mil quilômetros de vias em mais de 145 cidades do interior e do litoral de São Paulo. 

O DER (Departamento de Estradas de Rodagem) realizará obras de conservação especial e manutenção de vias, que consiste em recape e implantação de nova sinalização das rodovias. O Programa Estrada Asfaltada soma 277 obras em 4,4 mil quilômetros, totalizando o valor de R$ 4,6 bilhões. 

Cronograma 

Os munícipios do noroeste paulista beneficiados serão: 

– Monte Alto, na rodovia SP 305, com extensão de 14,3 quilômetros; 

– Pradópolis, na rodovia SP 253, com extensão de 6 quilômetros; 

– Nova Granada/Palestina, na rodovia SP 423, com extensão de 36 quilômetros; 

– Monte Aprazível/Tanabi, na rodovia SP 377, com extensão de 15,5 quilômetros; 

– Neves Paulista, na rodovia SPA 463/310, com extensão de 6,3 quilômetros; 

– Poloni/União Paulista, na rodovia SPA 482/310, com extensão de 18 quilômetros; 

– Macaubal, na rodovia SPA 498/310, com extensão de 10,8 quilômetros; 

– Monte Aprazível/Nipõa, na rodovia SPA 473/310, com extensão de 16 quilômetros; 

– Mirassol/Jaci, na rodovia SPA 451/310, com extensão de 8,1 quilômetros; 

– Cosmorama/Votuporanga, na rodovia SP 320, com extensão de 36,8 quilômetros; 

– Mirassol/Bálsamo/Tanabi, na rodovia SP 320, com extensão de 36,7 quilômetros; 

– Bady Bassit/Mendonça, na rodovia SP 355, com extensão de 33,9 quilômetros; 

– Itajobi, na rodovia SP 321, com extensão de 47,2 quilômetros; 

– Guapiaçu, na rodovia SP 425, com extensão de 10,9 quilômetros; 

– Guapiaçu/São José do Rio Preto, na rodovia SP 425, com extensão de 15,9 quilômetros; 

– Marinópolis/Palmeira d’Oeste/São Francisco/Jales, na rodovia SP 563, com 22, 5 quilômetros; 

– Aspásia/Santana da Ponte Pensa/Três Fronteiras/Santa Fé do Sul/ Rubinéia, na rodovia SP 320, com extensão de 36,7 quilômetros; 

– São Francisco/Aparecida d’Oeste/Marinópolis/Palmeira d’Oeste/Jales, na rodovia SP 563, com extensão de 22,5 quilômetros; 

– Estrela d’Oeste/Jales/Urânia/Santa Salete, na rodovia SP 320, com extensão de 36,9 quilômetros; 

– Valentim Gentil/Meridiano/Fernandópolis/Estrela d’Oeste, na rodovia SP 320, com extensão 36,9 quilômetros; 

– Novo Horizonte/Sales/Irapuã/Adolfo/Mendonça, na rodovia SP 304, com extensão de 25 quilômetros; 

– Novo Horizonte/Sales/Irapuã/Adolfo/Mendonça, na rodovia SP 304, com extensão de 24,6 quilômetros; 

– Novo Horizonte/Sales/Irapuã/Adolfo/Mendonça, na rodovia SP 304, com extensão de 25 quilômetros; 

– Riolândia, na rodovia SP 322, com extensão de 23,3 quilômetros; 

– Cardoso, na rodovia SP 322, com extensão de 23,3 quilômetros; 

– José Bonifácio/Jaci, na rodovia 425, com extensão de 21,1 quilômetros; 

– José Bonifácio, na rodovia 425, com extensão de 20 quilômetros; 

– Pirassununga/Aguaí, na rodovia SP 225, com extensão de 50 quilômetros; 

– Pirassununga/Analândia/Itirapina, na rodovia SP 225, com extensão de 41,3 quilômetros; 

– Barretos, na rodovia 425, com extensão de 9,9 quilômetros; 

– Barretos, na rodovia 425, com extensão de 22,7 quilômetros; 

– Barretos/Colômbia, na rodovia SP 326, com extensão de 35,3 quilômetros; 

– Olímpia/Barretos, na rodovia SP 425, com extensão de 33,1 quilômetros; 

– Cajobi, na rodovia SPA 426/322, com extensão de 6,2 quilômetros; 

– Guaraci, na rodovia SPA 462/322, com extensão de 8,7 quilômetros; 

– Altair, na rodovia SPA 473/322, com extensão de 3,1 quilômetros; 

– Paulo de Faria, na rodovia SPA 540/322, com extensão de 4,1 quilômetros; 

– Paraíso, na rodovia SPA 194/351, com extensão de 6,2 quilômetros.