Carlão Pignatari destina R$ 1,2 milhão para o Hospital de Campanha de Votuporanga

206

Recurso vai auxiliar na manutenção da unidade de tratamento da Covid-19 por mais 30 dias.


O presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, deputado Carlão Pignatari, destinou R$ 1,2 milhão para o Hospital de Campanha de Votuporanga. O recurso já está no caixa da prefeitura e vai auxiliar na manutenção da unidade por, ao menos, mais 30 dias.

O hospital é responsável pelo atendimento de pacientes da cidade em situação grave por causa da Covid-19 e que aguardam transferência para outros hospitais da cidade e do Estado. Tem 23 leitos com respiradores e equipamentos para tratamento de hemodiálise. 

“O recurso que conseguimos será aplicado diretamente no custeio do Hospital de Campanha, garantindo o atendimento aos pacientes da cidade que mais precisam. É uma grande conquista e espero que possamos vencer esse momento difícil”, disse Carlão Pignatari.

De acordo com a Prefeitura de Votuporanga, o custo mensal do Hospital de Campanha é de cerca de R$ 3 milhões, incluindo compra de medicamentos e insumos, além da equipe de profissionais da saúde. A unidade recebe ainda apoio de empresários da cidade. 

O Hospital de Campanha iniciou o atendimento em 5 de abril. A previsão era de que os atendimentos fossem mantidos até julho, mas em razão do agravamento da pandemia, a prefeitura estendeu o prazo por mais 30 dias. Ao todo, já foram atendidos 134 pacientes no local.

Além do Hospital de Campanha, a Prefeitura de Votuporanga também criou 12 leitos de enfermaria na UPA 24 horas, para atendimento a pacientes com quadros leves e moderados do coronavírus. A Santa Casa da cidade também tem garantido atendimento prioritário às vítimas da Covid-19.

“Todos os esforços estão sendo feitos. É uma situação muito difícil e que a população pode contribuir muito usando corretamente a máscara, mantendo o distanciamento, não aglomerando com outras pessoas e mantendo a higiene das mãos. Somente juntos vamos sair dessa pandemia”, afirmou o presidente da Alesp.

Em Votuporanga, os pacientes do SUS também contam com um serviço gratuito no atendimento pós-Covid. No ambulatório, que funciona na sede do Consultório Municipal “Dr. Jonas Pires Correa”, no Pozzobon, a população conta com uma equipe multidisciplinar para tratamento de sequelas causadas pelo vírus. Entre os profissionais, estão médicos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, educador físico, nutricionista e assistente social com equipamentos e materiais necessários no processo de reabilitação.