Aparecem mais vítimas de estuprador que se encontra preso em Cardoso

569

Prisão temporária foi transformada em preventiva. Vítimas eram crianças ou adolescentes.

A Polícia Civil de Cardoso descobriu nesta semana mais vítimas de um estuprador que se encontra na cadeia daquela cidade por crimes semelhantes. A prisão que era temporária de novembro passado passou agora a ser preventiva.

O homem de 49 anos que se encontra preso em Cardoso foi acusado de vários estupros de vulneráveis (crianças ou adolescentes ). Ele foi preso em 11 de novembro do ano passado e naquela data, ele já era investigado por ter praticado o delito de estupro contra duas mulheres que. Ele foi detido após ser acusado novamente, só que desta vez, eram criança/adolescente e de laços familiares.

A partir de sua prisão, o Setor de Investigações Gerais (SIG) descobriu outros estupros pelo homem, sendo ao menos duas novas vítimas, também próximas de sua família.

O homem permanece à disposição da Justiça aguardando julgamento pelos crimes cometidos. Se for condenado, o acusado pode pegar de oito a 15 anos de prisão por cada um dos delitos cometidos.