ACV segue cobrando medidas de apoio ao comércio

443

Diretores da Associação Comercial de Votuporanga estão há mais de 40 dias em busca de soluções para a sustentabilidade dos negócios, além da defesa dos associados

Com o comércio fechado há mais de 40 dias em Votuporanga e também em todo o Estado de São Paulo, a Associação Comercial de Votuporanga – ACV segue em busca de ações que garantam a sustentabilidade dos negócios, tendo em vista a força econômica do setor para a economia local e regional. “Desde o início das medidas contra o Coronavírus, não paramos um instante, intermediando junto ao poder público e também buscando alternativas que ajudem os nossos associados a enfrentarem este momento vivido mundialmente”, destacou Valdeci Merlotti, presidente da entidade.

Em ofício enviado à Prefeitura de Votuporanga, a ACV destaca que “a classe empresarial precisa de apoio neste momento. As Micro e Pequenas Empresas (MPEs) serão fundamentais no pós-crise, pois, pelas suas características, podem retomar as atividades e gerar novos postos de trabalho, no curto espaço de tempo. As MPEs podem contribuir de modo significativo na recuperação deste tempo perdido”.

Reuniões com o prefeito João Dado

Em quatro reuniões já promovidas com o prefeito João Dado (25/3, 3/4, 16/4 e 27/4), diretores da ACV, conquistaram a flexibilização na abertura de alguns setores do comércio, como bicicletarias, concessionárias e garagens, além de lojas de materiais de construção. Também foram apresentadas as realidades vivenciadas pelos empresários.

No último encontro, o foco da conversa foi o pedido de abertura das lojas para aproveitar o período do Dia das Mães, considerada a segunda melhor data para o setor, atrás apenas do Natal. Na reunião, o prefeito João Dado se comprometeu em analisar a demanda apresentada e falou da necessidade de respeitar a quarentena e normas do Governo do Estado. No Estado, a quarentena segue até dia 11 de maio. O Dia das Mães é neste domingo, 10 de maio.

“Como temos feito em diversas situações, apresentamos as dificuldades dos comerciantes e as consequências na economia do município com o comércio fechado”, destacou Valdeci Merlotti, presidente da ACV.

De acordo com Decreto Municipal publicado pelo Prefeito João Dado no dia 22 de abril, os comerciantes do município podem abrir suas portas parcialmente apenas para recebimento de carnês e boletos. É obrigatório que o consumidor utilize máscara facial e que tenha acesso a álcool em gel 70% para higienização das mãos. Em caso de filas, deve-se respeitar a distância mínima de 1,5m entre as pessoas. Apenas um membro da família poderá entrar no local.

Reivindicação estadual

Em âmbito estadual, o vice-governador Rodrigo Garcia anunciou a criação do “Plano de Resposta e Recuperação Econômica”, que analisará ações a serem implantadas no setor econômico estadual, no período pós-crise do coronavírus, atendendo à demanda levada pela Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo – Facesp.

Impostos

A ACV também enviou, em março, um ofício ao prefeito João Dado solicitando demandas como postergação e parcelamento da cobrança do IPTU 2020, ISS (Imposto Sobre Serviço), Simples Nacional (o que cabe à municipalidade) e de demais taxas. Foi requerido, ainda, para que o poder público faça a intermediação junto às concessionárias de energia, água e esgoto, para que sejam cobradas as tarifas mínimas de consumo de todas as empresas do município. O excedente deverá ser parcelado, com início do pagamento em 2021. Outro ponto de grande importância é suspensão do corte de fornecimento, durante este período de crise do COVID-19.

Canais de comunicação

Atualizados constantemente, além dos tradicionais canais de comunicação da entidade, duas novas ferramentas estão disponíveis aos associados. Por meio da página “Medidas para o seu negócio”, é possível encontrar no site (www.acvnet.com.br/medidasparaseunegocio) todos os decretos e informações relacionadas a economia e dicas para manutenção dos negócios.

Também foi reforçada a divulgação de lojas que estão com vendas online e delivery, como permitido pelo decreto municipal. Os consumidores encontram a relação nos perfis da ACV no instagram e facebook, além de estar disponível na aba ‘Delivery” (www.acvnet.com.br/delivery).

Consultoria gratuita

Por meio de parceria com o Sebrae-SP, todos os associados da ACV têm acesso à consultoria gratuita realidade de maneira remota com consultores do Sebrae-SP, em Votuporanga. Basta agendar o atendimento por meio do link disponibilizado no site da Associação.