Bosque Municipal incentiva a educação ambiental no município

626

 

A novidade faz parte do calendário de aniversário de 82 anos do município e incentivará a prática de ensino-aprendizagem às temáticas ambientais.

Com o objetivo de atrair o público interessado em trilha ecológica, sustentabilidade, lazer e caminhada, a Superintendência de Água, Esgotos e Meio Ambiente de Votuporanga – Saev Ambiental inaugurou, no último dia 20 de setembro, o Centro de Apoio e Educação Ambiental do Bosque “Maximino Hernandes” e a revitalização da Trilha Ecológica, ambos localizados na Avenida Vale do Sol.

As inaugurações fizeram parte do Calendário de Aniversário de 82 anos do município e deram suporte para o incentivo da prática de ensino-aprendizagem e formação de postura e pensamento crítico com relação às temáticas ambientais. Uma nova opção de lazer e turismo que oferece a valorização do verde e proporciona aos visitantes cenários incríveis para fotos.

Saev inaugurou o Centro de Apoio e Educação Ambiental do Bosque “Maximino Hernandes” — Foto: Saev/Divulgação

 

O local conta com uma passarela de madeira, com 340 metros de extensão e 60 centímetros de elevação do chão, para que os turistas tenham mais segurança e fiquem próximos da natureza. Além disso, também há acessibilidade para portadores de necessidades especiais, sanitários com acessibilidade, portaria, câmeras de monitoramento e uma varanda para descanso e reunião de grupos.

 

Local conta com uma passarela de madeira, com 340 metros de extensão, para que os turistas tenham mais segurança e fiquem próximos da natureza — Foto: Saev/Divulgação

 

As visitas podem ser agendadas e monitoradas por técnicos da Saev Ambiental para grupos e estudantes que visam a valorização do meio ambiente através do contato com a fauna e flora. O espaço tem diversas placas de orientações, inclusive com o nome popular e científico das espécies arbóreas presentes no local.

 

Educação ambiental

O Centro de Apoio e Educação Ambiental do Bosque possui atividades permanentes com toda a rede de ensino municipal. O local abriga mais de 100 exemplares literários, sobre meio ambiente, que estão disponíveis para toda a população de Votuporanga e região. Além dos momentos de leitura, no qual o aluno tem acesso a todo o acervo sobre temáticas ambientais, também são realizadas atividades de discussão para formação de postura crítica.

 

Centro de Apoio e Educação Ambiental do Bosque abriga mais de 100 exemplares literários — Foto: Saev/Divulgação

O objetivo é ampliar os níveis de conhecimento e incentivar a busca por informações relevantes acerca das questões ambientais, como aquecimento global, poluição, recursos naturais, entre outras.

Sustentabilidade

A sustentabilidade é uma pauta mais do que presente no cotidiano e um dos principais focos da nova geração. Junto desse pensamento, o Centro de Apoio e Educação Ambiental do Bosque “Maximino Hernandes” integrou mais de 10 ações em seu espaço. Confira algumas:

Implantação da coleta seletiva; Bicicletário para visitantes; Calçada ecológica com acessibilidade; Aproveitamento de luz natural; Controle automático de iluminação; Iluminação artificial apenas com LED; Torneiras automáticas; Total acessibilidade ao prédio; Coleta de lixo eletrônico (Cata Pilhas); Uso redutor de vazão; Ausência de aparelhos de ar-condicionado e Aplicação da ventilação cruzada (natural)

A ideia de preservar o meio ambiente e os recursos naturais existentes nele tem sido, cada vez mais, uma prioridade de todos os cidadãos preocupados com o futuro do nosso planeta.

Votuporanga revitaliza Bosque Municipal e incentiva a educação ambiental

O Buracão

O atual Bosque Municipal “Maximino Hernandes” já foi o centro de uma das principais lendas urbanas de Votuporanga. Antes da construção da avenida Vale do Sol, existia uma grande erosão no local, popularmente conhecida como Buracão. O bosque era uma área de mata nativa em frente à erosão, onde muitas crianças brincavam no córrego e nos cipós das árvores.

Os estudantes do antigo Terceiro Ginásio, atual Escola Estadual “Profº Cícero Barbosa Lima Júnior”, tinham o Buracão como uma área de lazer. As mães, para evitar que seus filhos fossem nesse lugar perigoso, falavam que os cipós prendiam as pessoas pequenas e aprisionava elas para sempre no Buracão. Para resolver o problema da erosão, a Administração Pública Municipal, na década de 80, construiu uma rede de galerias que posteriormente se transformou na avenida Vale do Sol.

Futuro

A construção de edificações sustentáveis que fazem uso racional de água, energia e outros materiais recicláveis tem sido a melhor forma de apresentar para a sociedade a possibilidade de contribuir com o meio ambiente sem prejudicar a mãe natureza e causar degradação ambiental. Tudo isso melhora, ainda mais, a qualidade de vida dos moradores e, por consequência, motiva a autosustentabilidade.

Vantagens da construção sustentável:

Economiza recursos naturais; Diminui a geração de resíduos; Diminui a formação de ilhas de calor e efeito estufa; Contribui na preservação dos habitats naturais; Ambientes com níveis elevados de salubridade; Conforto térmico, visual e olfativo; Sensação de bem-estar; Conscientização ambiental; Custos operacionais menores

Serviço

Centro de Apoio e Educação Ambiental do Bosque “Maximino Hernandes”

Avenida Vale do Sol, nº 5.024, bairro Vale do Sol

Aberto todos os dias, das 7h às 19h

Mais informações em (17) 3405-9195

 

Bosque Municipal “Maximino Hernandes”, em Votuporanga, no noroeste do Estado de São Paulo — Foto: Saev/Divulgação