Votuporanga sedia 13ª Viagem Literária 2021 com contação de histórias

316

Biblioteca Municipal recebe o artista Vinícius Mazzon que comandou duas turmas formadas por alunos de escolas municipais, às 9h e às 14h.


Apesar da importância do mundo virtual, que ganhou ainda mais força durante a pandemia, todos ainda sentimos a necessidade de encontro, de contato, e a contação de histórias é um momento privilegiado para isso. Pensando nisso, a Secretaria da Cultura e Turismo da Prefeitura de Votuporanga abriu as portas da Biblioteca Municipal “Castro Alves” para receber mais uma edição do programa Viagem Literária, realizado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo de São Paulo, com apoio do Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo e Secretaria Especial da Cultura.

O artista Vinícius Mazzon comandou o programa em Votuporanga, com duas turmas formadas por alunos de escolas municipais, às 9h e às 14h, e com transmissão ao vivo pelo Facebook da Prefeitura para as demais escolas municipais. Formado em Artes Cênicas, desde 2009 cria espetáculos de contação de histórias apoiados em estudos e vivências com a cultura popular brasileira.

Segundo a secretária da Cultura e Turismo, “o Viagem Literária é um importante projeto de estímulo à leitura que tem como objetivo despertar o gosto pelos livros nas crianças e através da contação de histórias conseguimos trabalhar com a imaginação e, quem sabe, formar novos futuros escritores”.

Neste módulo da 13ª edição do Viagem Literária, os participantes percorrem pelos caminhos do conhecimento e da (re)descoberta dos contos populares. Contadores de histórias percorrem 60 cidades do Estado de São Paulo. Desde o início do programa, em 2008, até o ano passado, 224 municípios paulistas receberam as atividades, com 220 convidados que dialogaram com mais de 345 mil pessoas. Foram bate-papos, oficinas, rodas de histórias e outros eventos que fizeram conhecimento e afeto circularem no território estadual.

De 4 a 29 outubro de 2021, as contações de histórias voltaram a ser realizadas presencialmente, respeitando os protocolos sanitários, em função da pandemia de Covid-19.