UBC Battle premia dançarinos e comemora sua primeira edição

124

Evento realizado no último sábado, na Concha Acústica, contou com oficinas de danças urbanas e campeonato de breaking.

O campeonato de breaking UBC Battle, realizado no último sábado, na Concha Acústica Professor Geraldo Alves Machado, em Votuporanga, atraiu competidores de diversas cidades do estado e um público amante da arte e da cultura, que aproveitou o comércio aberto o dia todo para conferir o evento. Além das competições, o UBC Battle contou também com oficinas gratuitas de dança, nos estilos house, hip-hop e breaking.

“Já em sua primeira edição, o campeonato recebeu dançarinos de Votuporanga, São José do Rio Preto, Jaboticabal, Ribeirão Preto, Assis, Marília e outras cidades. Nos workshops de hip-hop e house, com o renomado profissional Carlin, da Cia Street Boys, de  Fernandópolis, o público aprendeu conceitos de diferentes formas de movimentação através da música. Na  oficina de breaking, com o pesquisador da dança Pedrinho, da FootWork Squad, de Bento Gonçalves-RS, os participantes aprenderam sobre  direcionamentos, intensidades e improvisações. Foi um evento maravilhoso, estamos muito agradecidos por todos que colaboraram e participaram”, contam os bboys Wesley e Lê, do coletivo de danças e ideias Urban Beats Brasil, promotor da UBC Battle. O evento  foi viabilizado pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa e pela Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria da Cultura e Turismo.

No campeonato de breaking os vencedores foram: bboy Ruddy (Ribeirão Preto-SP), primeiro lugar; bboy Kaká ( São José do Rio Preto-SP), segundo lugar e bboy Kleone (Jaboticabal-SP), terceiro lugar. “No júri tivemos o Ricka, da lendária equipe Back Spin Crew, um dos grupos pioneiros das danças urbanas no Brasil, o Raffa, um dos fundadores da equipe Beat Squad, a qual já tem uma carreira consolidada e uma grande bagagem na dança breaking e o  Pedrinho da FootWork Saquad, que viaja o mundo competindo e pesquisando a dança breaking”, ressaltam os organizadores.