Suspeito de matar casal de idosos é preso em Buritama e diz à polícia que cometeu crime após discussão por pescaria

675

João Geraldo de Oliveira e Maria Aparecida de Oliveira foram encontrados mortos no dia 16 de fevereiro, em São José dos Quatro Marcos/MT. Suspeito Alex Campos dos Santos foi localizado nesta terça-feira.


A Polícia Civil prendeu no interior de São Paulo o suspeito de matar o casal de idosos João Geraldo de Oliveira Maria Aparecida de Oliveira, em São José dos Quatro Marcos/MT. Alex Campos dos Santos foi localizado na manhã desta terça-feira (9), em Buritama/SP. 

Segundo o delegado Edison Ricardo Pick, Alex dos Santos confessou os crimes durante depoimento e disse que cometeu os assassinatos depois de uma discussão por pescaria. 

“O casal morava em uma propriedade rural pequena, onde existe um córrego nos fundos. O Geraldo não deixava as pessoas pescarem e caçarem. No dia do assassinato, o Geraldo encontrou o Alex pescando”, disse. 

“Houve uma discussão. O Alex pegou uma pedra e bateu na cabeça de Geraldo. O corpo ficou ao lado de um curral. Em seguida, o homem foi à casa, entrou pela porta, encontrou a Maria assistindo televisão, falou para ir para o quarto e deu uma paulada na cabeça dela”, complementou. 

O filho do casal foi quem encontrou os corpos dos pais no dia 16 de fevereiro. O carro das vítimas foi levado por Alex e localizado incendiado em alguns quilômetros de distância da propriedade rural onde os idosos moravam. Em seguida, a Polícia Civil começou a investigar o caso. 

“Inicialmente, trabalhávamos com a possibilidade de ter ocorrido um latrocínio, porque um veículo tinha sido subtraído das vítimas. Porém, descobrimos que o Alex pegou o carro para ir embora”, contou o delegado. 

Durante a investigações, a polícia entrevistou possíveis testemunhas, acessou os celulares das vítimas e descobriu que o criminoso havia utilizado um dos aparelhos para realizar duas ligações para uma ex-mulher. 

“Depois disso, chegamos à conclusão de que o Alex tinha participação no crime e pedimos a prisão dele à Justiça. Ele veio para Buritama com o objetivo de fugir da culpa. Os conhecidos deles não sabiam de nada. Ficaram realmente boquiabertos quando fizemos a prisão”, afirmou Edison. 

Ainda segundo o delegado, policiais da Divisão Especializada de Investigações Criminais (DEIC) de Araçatuba/SP e da Polícia Civil de Buritama ajudaram a encontrar e capturar Alex. 

“Ele foi levado para Penápolis, onde vai passar por audiência de custódia. O juiz vai analisar o pedido de encaminhamento para São José dos Quatro Marcos”, explicou Edison. 

*Com informações do g1