Soldador é preso suspeito de matar mãe a pauladas após ser expulso de casa

282

Caso foi registrado em Novo Horizonte/SP; homem foi encontrado em Catanduva/SP e confessou ter cometido o crime.


Um soldador de 41 anos foi preso suspeito de matar a mãe de 57 anos a pauladas, em Novo Horizonte/SP. O assassinato foi registrado no dia 13 de janeiro, mas o corpo da vítima foi encontrado na noite desta quarta-feira (20), mesmo dia em o filho foi localizado em Catanduva/SP. 

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Civil foi acionada e constatou marcas de sangue na parede e no chão da casa da professora Raquel Fernandes. 

Além disso, a forma como o corpo da vítima foi encontrado fez com que os investigadores chegassem à conclusão de que se tratava de um caso de homicídio. 

Inicialmente, os policiais colheram o depoimento do irmão da professora, que afirmou que Raquel estava passando por momentos complicados com o filho. 

Em seguida, os investigadores conversaram com um vizinho da professora, que contou que não via a vítima e o suspeito de cometer o crime há dias. 

Horas depois, a filha de Raquel ficou sabendo do crime e relatou à polícia que o soldador estava em uma praça do bairro Bom Pastor, em Catanduva. 

Ainda segundo boletim de ocorrência, policiais começaram a fazer buscas e conseguiram encontrar Agner Fernandes Leme. Ao ser abordado, o soldador chorou e confessou ter cometido o crime. 

À polícia, ele também relatou que discutiu com a mãe e foi expulso do imóvel. Com raiva, pegou um pedaço de madeira e golpeou a vítima duas vezes na cabeça. 

O corpo da vítima foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Catanduva. O caso foi registrado como homicídio qualificado e segue em investigação. O suspeito permanece à disposição da Justiça. 

*Com informações do g1