Secretaria de Assistência Social realiza programação sobre a Campanha 

209
Foto ilustrativa de campanha contra abuso e exploração sexual de crianças — Foto: Itaipu/Divulgação

São promovidas ações preventivas de combate ao abuso e exploração sexual infanto-juvenil; haverá oficinas, rodas de conversas e abordagens à população.


A Secretaria de Assistência Social de Votuporanga, em constante prestação de serviços e atendimento à população, iniciou na última segunda-feira (16.mai) e segue até o dia 31 deste mês com uma programação preventiva em celebração à campanha “Faça Bonito: 18 de Maio – Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” para promover e conscientizar a todos sobre o tema, através de oficinas, rodas de conversas e abordagens.

As mobilizações com o objetivo de prevenir e combater esse tipo de crime, serão realizadas tanto nas unidades da Proteção Social Básica e Especial vinculadas à pasta municipal, como os Centros de Referências de Assistência Social (Cras), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Centro de Referência de Atendimento à Mulher (Cram) e Centro de Convivência do Idoso (CCI), quanto na Associação Beneficente Caminho de Damasco, entidade que integra a Organização da Sociedade Civil e também no auditório do Ambulatório Médico de Especialidades (AME) e feira livre da Praça São Bento. 

Ações ocorrem em diversos pontos de Votuporanga desde terça-feira; acompanhe a programação: 

  • 19/05, às 8h, no Cras Sul: oficina com grupos de idosos assistidos pela unidade. 
  • 19/05, às 9h, no Creas: oficina com grupos de famílias assistidas pela unidade. 
  • 19/05, às 9h, no Centro de Convivência do Idoso “Walter Guerche”: oficina com grupos de idosos assistidos pela unidade. 
  • 19/05, às 15h, no Cras Leste: oficina com grupos de crianças e adolescentes assistidos pela unidade. 
  • 19/05, das 17h às 21h, na feira livre da Praça São Bento: divulgação da campanha “Faça Bonito: 18 de Maio” através de abordagem de conscientização sobre o tema. 
  • 20/05, às 9h, no Centro de Convivência do Idoso “Walter Guerche”: oficina com grupos de idosos assistidos pela unidade. 
  • 24/05, às 14h, no auditório do AME: roda de conversa com os colaboradores do ambulatório médico com a participação da assistente social da Secretaria de Assistência Social, Daniela Azevedo. 
  • 25/05, às 14h, no Cras Leste (setor: Simonsen): oficina com grupos de famílias e idosos assistidos pela unidade. 
  • 25/05, às 19h, no Cras Oeste: oficina com grupos de famílias assistidas pela unidade. 
  • 25/05, às 19h30, no Cras Norte: oficina com grupos de famílias assistidas pela unidade. 
  • 31/05, às 8h, no Cras Oeste: oficina com grupos de idosos assistidos pela unidade. 
  • 31/05, às 8h30, no Cras Leste: oficina com grupos de famílias e idosos assistidos pela unidade. 

Outros órgãos que também atuam no combate a esse tipo de abuso são a Secretaria de Direitos Humanos, o Conselho Tutelar, a Delegacia de Defesa da Mulher e o Poder Judiciário, que formam uma rede de atendimento assistencial às crianças e adolescentes. 

Denúncia 

Qualquer pessoa pode denunciar casos de exploração de menores. As denúncias são anônimas e podem ser feitas pelos seguintes meios: o 190, da Polícia Militar; o “Disque 100” pelo número 100 e WhatsApp (61) 9656 5005; pela Ouvidoria Municipal que é 0800 770 3590; e pelo Conselho Tutelar, por meio dos números (17) 3422 4468, 3422 2288 e 98134 5442 (plantão).