Santa Casa inova com exame para diagnóstico de hidrocefalia

122

Avaliação pode ser feita sem a necessidade de internação e prevê a chance de sucesso de procedimento cirúrgico.

A Santa Casa de Votuporanga passa a oferecer mais um exame de neurologia. Trata-se do exame Tap Test, que consiste em uma avaliação da resposta ao tratamento cirúrgico para Hidrocefalia de Pressão Normal (HPN).

Ao simular os efeitos do tratamento cirúrgico, o teste permite avaliar os benefícios do procedimento, auxiliando na escolha da melhor opção terapêutica. “É um exame seguro, que consiste basicamente no desconforto da coleta do líquor (líquido que preenche o sistema nervoso central). A realização é imprescindível antes de submeter um idoso a uma neurocirurgia de implante de Derivação Ventrículo Peritoneal (DVP)”, explicou o médico neurologista, Dr. Vitor Pugliesi Marques.

Dr. Vitor contou como é feita essa avaliação. “No primeiro dia, o paciente é avaliado. É feita uma entrevista, os exames de neuroimagem são analisados. Aplicamos dois testes: neuropsicológicos e de marcha. Os primeiros visam documentar as alterações mentais decorrentes da demência e os outros estabelecem as limitações do caminhar do assistido decorrente da doença”, disse.

Já no segundo dia, essas duas avaliações são refeitas, porém após duas horas do Tap Test. “Caso haja melhora dos testes (neuropsicológicos e de marcha) com a retirada do líquor, pode-se concluir que, de fato, o procedimento cirúrgico vai acarretar ganhos ao paciente. Caso contrário, se não mostrarem alterações importantes, conclui-se que o indivíduo não vai se beneficiar da cirurgia e, portanto, é contraindicada”, complementou.

Preparo

Não é necessário nenhum preparo para realização do exame, apenas a orientação de ir com roupas confortáveis para melhor avaliação da marcha.

Hidrocefalia de Pressão Normal

A Hidrocefalia de Pressão Normal é um tipo de demência que acomete homens e mulheres na terceira idade. Estudos epidemiológicos revelam que o Brasil registrará cerca de 11 mil novos casos por ano, devido ao crescimento da população idosa no país.

Caracterizada pelo acúmulo de volume do líquor – líquido cefalorraqueano (LCR) nas cavidades cerebrais chamadas de ventrículos, que pressiona o cérebro causando alterações neurológicas, a hidrocefalia é resultante de anomalias genéticas herdadas ou desordens desenvolvidas, podendo acometer também jovens vítimas de traumatismo cranioencefálico.

A Hidrocefalia de Pressão Normal pode ser confundida ou até mesmo associada com Alzheimer e Parkinson, devido à similaridade dos principais sintomas, que são incontinência urinária, dificuldade de locomoção e problemas relacionados à memória.

O diagnóstico da Hidrocefalia de Pressão Normal é realizado por meio de avaliação clínica e exames de imagem, como ressonância magnética e tomografia computadorizada. Quanto mais cedo for diagnosticado, melhores os resultados do tratamento.

Mais informações e orçamentos no setor Comercial, no telefone (17) 3405-9144 ou pelo WhatsApp (17) 99125-2217.