Prefeito diz que vai desligar energia de ruas às 20h30 para evitar aglomerações em Guarani D’Oeste

526

De acordo com o gestor de saúde da cidade, Edmilson Pires do Carmo, a medida será colocada em prática de forma experimental a partir deste sábado (6). Energia será desligada em pontos estratégicos da cidade e será religada na manhã de segunda-feira (8).


Com o avanço do novo coronavírus, todo o estado foi colocado na fase vermelha do Plano São Paulo de flexibilização das atividades econômicas. Além das regras estipuladas pelo Governo Estadual, muitas cidades da região noroeste paulista, como Jales, Fernandópolis e Votuporanga, adotaram medidas mais restritivas. 

Entre as diversas regras decretadas, uma chamou mais atenção do que as outras: o prefeito de Guarani D’Oeste/SP, Nilson Timporin (PTB), publicou um vídeo nas redes sociais no qual afirma que as luzes das ruas serão apagadas na cidade para evitar aglomerações. 

“Olá, população de Guarani D’Oeste. A nossa energia da rua será desligada às 20h30. Ela só será religada na segunda-feira. Obrigado a todos”, afirmou Nilson. 

De acordo com o gestor de saúde da cidade, Edmilson Pires do Carmo, a medida será colocada em prática de forma experimental a partir deste sábado (6). 

“É mais uma ação para tentar conter as aglomerações e a disseminação do coronavírus. Entramos na fase vermelha. Está tudo fechado, inclusive os comércios essenciais, como supermercados. Estão abertos somente postos de combustíveis e farmácias”, explicou. 

As luzes serão apagadas somente em pontos específicos do município onde os moradores costumam se reunir. A Polícia Militar foi informada e reforçará a segurança nestes locais. 

Segundo Edmilson do Carmo, o município enfrenta um aumento dos casos de coronavírus, o que gera preocupação. 

“Temos notado que a doença tem avançado. Coletamos amostras todos os dias para mandar para a análise. Todos os dias algumas voltam positivas. O ciclo tem aumentado, sim. Pelo tamanho da cidade, temos bastante gente aguardando resultados de exames, mas não temos ninguém internado”, afirmou. 

Atualmente, Guarani D’Oeste contabiliza 157 casos confirmados de Covid-19, dos quais 141 estão recuperados e três pessoas vieram a óbito. 

*Com informações do g1