Poupatempo se une ao Detran e marca reabertura de unidade para  23 de setembro  

870

Unidade de Votuporanga está fechada devido à quarentena e sua reabertura está marcada para o dia 23 de setembro, mas para que isso aconteça, Votuporanga precisa se manter na Fase Laranja ou Amarela do Plano SP de flexibilização.

O governo de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (12) a reabertura gradual de unidades do Poupatempo e do Ciretran em cidades que estiverem nas fases laranja e amarela do Plano São Paulo de reabertura das atividades econômicas. A reabertura da unidade de Votuporanga acontecerá dia 23 de setembro.

Ao todo, serão reabertas 252 como Ciretran e 8 como Poupatempo. Em ambos os formatos, as unidades só poderão atender até 30% da sua capacidade.

As unidades do Poupatempo foram fechadas desde o dia 24 de março devido ao decreto que suspendeu serviços não essenciais durante a pandemia do coronavírus.

Poupatempo e Detran

O vice-governador do estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, anunciou também nesta quarta-feira (12) que o Poupatempo irá incorporar à sua gestão todos os serviços oferecidos pelo Detran São Paulo, o que trouxe um aumento de unidades do Poupatempo de 75 para 340.

“É a maior expansão do Poupatempo em seus 23 anos de história. As unidades existentes, portanto, crescerão 04 vezes até o final do nosso governo. Para expandir o programa nessa dimensão nós estamos unificando o Detran junto ao Poupatempo. A partir de agora Detran e Poupatempo são um único local de atendimento ao público e essas unidades são transformadas em postos presenciais do Poupatempo ao longo dos próximos 2 anos”, disse o vice-governador Rodrigo Garcia.

Com a união do Detran também houve aumento do número de serviços oferecidos pelo Poupatempo que passou de 75 para 133. Segundo a gestão estadual, a expectativa é que em 2022 sejam 242 serviços.

“É tudo num lugar só, tudo num padrão Poupatempo que o cidadão reconhece como um serviço de excelência. Portanto, o Detran ao se integrar tanto ao Poupatempo físico, como digital, tem a expectativa de atender melhor e ser muito mais eficiente nesse relacionamento”, disse o presidente do Detran São Paulo, Ernesto Mascellani.