Polícia Rodoviária recupera tratores furtados em Monte Aprazível 

232

Policiais desconfiaram da versão do motorista após abordagem na Rodovia Washington Luís, em São José do Rio Preto/SP.


A Policia Militar Rodoviária apreendeu três tratores na madrugada desta quinta-feira (22), na Rodovia Washington Luís, em São José do Rio Preto/SP. Os veículos agrícolas foram roubados por uma quadrilha, de uma sitio, na noite de quarta-feira (21), em Monte Aprazível/SP. 

Segundo informações, 10 homens encapuzados invadiram o sitio, por volta das 19h, armados com revólveres e espingardas. Para intimidar as pessoas, um dos homens atirou. Depois, o grupo rendeu os moradores e os trancaram todos dentro de um cômodo da casa. 

A quadrilha levou três veículos, sendo uma caminhonete Triton, um Gol e um Onix, além de três tratores das marcas Valtra, Massey Fergunson e New Holland, e vários objetos do domicílio. 

Os tratores tinham rastreamento, mas os criminosos retiraram os equipamentos e levaram as gravações das câmeras de monitoramento antes de fugir. 

Na madrugada desta quinta-feira, uma equipe da Polícia Militar Rodoviária abordou um caminhão, do tipo prancha, que transportava três tratores, no trevo entre as rodovias Washington Luís e BR-153. 

O motorista disse que tinha pegado os veículos agrícolas em Santa Catarina e que pretendia entregá-los em uma propriedade rural em Jataí/GO. Depois, ele deu outra versão, dizendo que iria entregar em Itumbiara/GO. 

Como a documentação de transporte não era compatível com a exigida para transporte de tratores e o motorista não soube explica onde tinha, de fato, carregado a encomenda, o caminhão e os veículos rurais foram apreendidos. 

Segundo o delegado de Monte Aprazível, Valcir Passetti, os tratores apreendidos em Rio Preto são os mesmos veículos levados do sitio da cidade. “As vítimas reconheceram os veículos por foto e pelos tipos. Um dos carros roubados foi encontrado abandonado em Palestina. A gente segue com a investigação para recuperar o restante dos veículos e identificar a quadrilha”, diz o delegado. 

Depois de prestar depoimento ao delegado de plantão na Central de Flagrantes de Rio Preto, o motorista foi liberado, mas segue como investigado do caso. 

Fonte: diariodaregiao/Marco Antonio dos Santos