Polícia investiga morte de recém-nascido dentro de casa em Catanduva 

401

Segundo o boletim de ocorrência, o médico do SAMU informou que encontrou Raphael Barletto Saura em parada e tentou reanimá-lo, mas não conseguiu. Polícia aguarda resultado do exame necroscópico.


A Polícia Civil investiga a morte de um recém-nascido registrada na casa da família, em Catanduva/SP, na quinta-feira (25). Segundo informações do boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada pelo SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). 

No local, o médico que prestou o atendimento informou aos policiais que encontrou Raphael Barletto Saura em parada e tentou reanimá-lo, mas não conseguiu. A criança foi levada ao Hospital Padre Albino para constatação da morte. 

Ainda de acordo com o B.O., a mãe da criança, de 18 anos, compareceu à Unidade de Polícia Judiciária e contou que colocou o filho no berço para dormir e saiu do quarto. Quando voltou, encontrou o bebê com dificuldades para respirar. Ela disse à polícia que a criança não estava firme, apresentava cor amarelada e tinha leite na boca. 

A mãe contou, ainda, que tentou reanimar o bebê e pediu socorro, pois o portão da residência estaria trancado e a chave com o marido, de 24 anos, que estava no trabalho. 

Segundo o boletim de ocorrência, a mulher disse que vizinhos quebraram o cadeado. Uma das testemunhas chegou a fazer procedimentos de massagens na criança até a chegada da equipe, seguindo orientações do SAMU por telefone. 

O caso está sendo investigado e o corpo passou por exame necroscópico. A polícia informou que está aguardando o resultado do laudo. A ocorrência foi registrada como morte suspeita. 

*Com informações do g1