Papa Francisco publica decreto que eleva padre Albino ao título de venerável

173

Português de nascimento, Albino Alves da Cunha e Silva morreu aos 91 anos de idade, em Catanduva/SP.


O Vaticano autorizou a promulgação do decreto que eleva o padre Albino Alves da Cunha e Silva ao título de venerável de Deus. Português de nascimento, ele morreu aos 91 anos de idade, em Catanduva/SP. 

Da abertura do processo pela Diocese de Catanduva, patrocinado pela Fundação Padre Albino, ao decreto do Papa Francisco declarando a condição de venerável, foram sete anos e onze meses. 

De acordo com o José Luiz Cassimiro, faltam duas etapas para o padre Albino alcançar a condição de santo. A próxima será a beatificação e, posteriormente, a canonização. 

“No processo para ter sua imagem nos altares dos templos católicos, o venerável padre Albino subiu mais um degrau”, afirma o padre José Cassimiro. 

*Com informações do g1