Operação contra fraudes na Educação prende suspeito na região

1257

Investigações envolvem um esquema de fraudes em licitações para confecção de uniformes e materiais escolares. Mandados de busca e apreensão foram cumpridos em São José do Rio Preto, Guapiaçu, Riolândia, Catanduva, Américo de Campos, Pontes Gestal e Birigui.


Na manhã desta terça-feira (2), um homem foi preso em São José do Rio Preto/SP durante a Operação Dólos. Ele suspeito de envolvimento em um esquema de fraudes em licitações para confecção de uniformes e materiais escolares.

Foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão e um de prisão no noroeste paulista. Em Rio Preto, o suspeito foi preso temporariamente e encaminhado à Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais).

Já os mandados de busca e apreensão foram cumpridos em São José do Rio Preto, Guapiaçu, Riolândia, Catanduva, Américo de Campos, Pontes Gestal e Birigui, onde as equipes apreenderam documentos e computadores na casa e na empresa de um suspeito. 

A operação foi deflagrada pelo Ministério Público de São Paulo, Setor de Competência Originária da Procuradoria-Geral de Justiça e Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado). 

Em todo o estado, as equipes cumprem 15 mandados de prisão temporária e 90 mandados de busca e apreensão em ao menos 12 prefeituras.

Os agentes também estão em outras 18 cidades, mas não na sede do Executivo. Dentre os alvos de busca e apreensão, além das prefeituras, estão 24 pessoas jurídicas e o restante é de pessoas físicas, segundo o MP.

A denúncia é de que parte das empresas é de fachada e outro grupo está em nome de laranjas com o objetivo de ocultar quem são os verdadeiros responsáveis por elas. Os contratos ultrapassam R$ 40 milhões, de acordo com os promotores. 

*Com informações de Janaína de Paula e Adrieli Fiorani/TV TEM