NOSSA SENHORA APARECIDA – Votuporanga celebra hoje o dia de sua Padroeira

188
Foto DANILO CAMARGO

Padre Gilmar Margotto fala sobre a programação da Catedral deste 12 de outubro. Pelo segundo ano consecutivo não haverá procissão pelas ruas da cidade e a tradicional Quermesse, devido a pandemia

Padre Gilmar Margotto pároco da Catedral Nossa Senhora Aparecida

 

Programação para o Dia da Padroeira

 

Andrea Anciaes

 

Nossa Senhora Aparecida é o nome católico para Maria, mãe de Jesus. Padroeira de nosso país, ela é consagrada por meio de uma bela imagem, na qual aparece com um manto de cor azulada, bastante ornamentado.

A festividade que é feita em sua homenagem acontece no dia 12 de outubro, mesma data em que é celebrado o Dia das Crianças. Devido ao seu grande significado no Brasil, há um feriado nacional que possibilita diversos tipos de comemorações de cunho religioso.

Qual é a história da Padroeira do Brasil?

A imagem de Nossa Senhora Aparecida teve sua primeira aparição em 1717, quando o governante das capitanias hereditárias de São Paulo e Minas de Ouro passava pelo Vale do Paraíba.

O povo daquela região, animado com a visita, decidiu realizar uma festa de boas-vindas. Os pescadores Filipe Pedroso, João Alves e Domingos Garcia foram, então, chamados para lançar redes nos rios e garantir os peixes para a refeição.

Contudo, em meados de outubro, não era uma boa época para isso. Sendo assim, eles rezaram pela proteção de Maria para voltar com um bom resultado. Nesse momento, puxaram da água primeiro o corpo de uma antiga imagem, depois a cabeça: a estátua de Nossa Senhora de Aparecida.

Como começaram as comemorações do dia de Nossa Senhora Aparecida?

A princípio, a estátua sacra permaneceu na casa do pescador Filipe por 15 anos. Com isso, amigos, vizinhos e familiares se encontravam com frequência para orações. O dia de Nossa Senhora Aparecida, 12 de outubro, ficou registrado oficialmente por ter sido o mesmo dia da aparição na pescaria.

Aos poucos, a história começou a se espalhar pelo Brasil, o que atraiu visitantes de outras regiões do país. O primeiro oratório foi construído oficialmente em Itaguaçu, mas aos poucos não comportava os fiéis que apareciam todos os dias.

Sendo assim, surgiu a necessidade de construir a primeira capela, em 1934. A imagem foi coroada anos depois, com uma coroa ofertada pela Princesa Isabel. Outras capelas e basílicas surgiram para fortalecer as comemorações e as orações.

O jornal Diário de Votuporanga conversou com Pe. Gilmar Margotto, pároco da Catedral Nossa Senhora Aparecida de Votuporanga, que sobre a data sobre a data e também sobre a programação para o dia de Nossa Senhora Aparecida, acompanhem:

“A Catedral Nossa Senhora Aparecida celebra nesta terça-feira, 12, o dia de sua padroeira e também padroeira de Votuporanga, da Diocese e do Brasil. As festividades tem neste ano o tema: “Com Maria, somos povo de Deus unido pela aliança!”.

As celebrações iniciam-se às 9h com a Missa pelas Crianças que também celebram o seu dia nesta data. Ao meio-dia será realizada a Consagração Solene à Nossa Senhora Aparecida, na qual os fiéis poderão consagrar suas vidas à Maria. Ao final do dia serão celebradas Missas Solenes de Nossa Senhora Aparecida às 17h e 19h. Todas as celebrações serão realizadas na Catedral.

As Festividades da Padroeira tiveram início no dia 03 com a Novena de Nossa Senhora. Durante nove dias, os fiéis puderam rezar e agradecer a Nossa Senhora pelas graças e bênçãos alcançadas e pela saúde concedida em tempos de pandemia.

Pelo segundo ano consecutivo, não será realizada a tradicional procissão com a imagem da Padroeira do Brasil pelas ruas centrais de Votuporanga e a Tradicional Quermesse em virtude da pandemia.

Também no dia 12 de outubro, recordam-se os 45 anos de falecimento do saudoso Frei Arnaldo Maria de Itaporanga que foi vigário em Votuporanga por 12 anos e que faleceu no dia 12 de outubro de 1976 vítima de um acidente automobilístico no trevo de Nhandeara, quando vinha para Votuporanga participar das festividades da padroeira. Celebram-se também os 63 anos da celebração da 1ª Missa na Nova Igreja Matriz, atual Catedral de Votuporanga e símbolo de toda a região.

“Desde a fundação de Votuporanga, a comunidade local sempre teve muita fé em Nossa Senhora Aparecida, dedicando a ela suas primeiras igrejas e tendo em Maria um modelo de amor, fé e serviço ao Reino de Deus.”

Ainda, segundo o Padre Gilmar Margotto, “A devoção mariana, vivida no horizonte da centralidade de Jesus Cristo e do Reino de Deus, é legítima e saudável. Deve ser respeitada e estimulada, para que a mãe de Jesus molde nosso coração de discípulos e missionários de Cristo, levando-nos a viver autenticamente o mistério de amor e misericórdia em nossos tempos.”

Que Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil abençoe a nossa pátria e derrame chuvas de paz e muitas bênçãos sobre cada um!