Motorista preso após matar bebê de 1 ano atropelado é solto em audiência de custódia 

170
Foto: Gazeta do Interior

Caso foi registrado em uma chácara em Bady Bassitt/SP. Condutor disse à polícia que enroscou o pé entre os pedais do veículo e, para não atropelar um grupo que jogava futebol em um campo, virou o carro para o lado contrário, atingindo pai e filho.


O motorista de 25 anos preso suspeito de matar atropelado um bebê de 1 ano e 4 meses foi liberado na tarde desta segunda-feira (28) após passar por audiência de custódia. O caso foi registrado em uma chácara, no bairro Estrela do Oriente, em Bady Bassitt/SP, no domingo (27). O pai da criança também foi atingido pelo veículo. 

De acordo com o boletim de ocorrência, o motorista manobrava o carro, quando enroscou o pé entre os pedais do acelerador e freio. Para evitar atropelar um grupo que jogava futebol em um campo, o jovem relatou que virou o carro para o lado contrário, atingindo pai e filho que estavam sentados no gramado. 

As duas vítimas foram socorridas ao posto de saúde de Bady Bassitt, mas o menino não resistiu aos ferimentos e morreu. Já o pai foi transferido ao Hospital de Base de São José do Rio Preto/SP, com suspeita de fratura em uma das pernas e na bacia. 

Segundo o boletim de ocorrência, o motorista é boliviano e apresentou a habilitação para conduzir motocicletas válida na Bolívia. Ele também passou pelo teste do bafômetro, mas o resultado deu negativo. 

Depois de o acidente ser registrado, o condutor foi preso em flagrante, encaminhado à delegacia e submetido a audiência de custódia nesta segunda-feira (28). 

De acordo com a Polícia Civil, embora liberado pela Justiça, o boliviano continuará sendo investigado. O caso foi registrado como homicídio culposo na direção de veículo automotor.

*Com informações do g1