Lions Clube Brisas Suaves destina roupas para Bazar do Bem

133

Peças serão comercializadas no Bazar do Bem da Santa Casa, cuja renda é 100% revertida para pacientes.


Já dizia Madre Teresa de Calcutá: “Eu sei que o meu trabalho é uma gota no oceano, mas sem ele o oceano seria menor”. Este é o espírito dos membros do Lions Clube Brisas Suaves, presidido por Antônio Brito Figueiredo, conhecido como Toninho Figueiredo. 

Auxiliado pelas esposas dos membros, o Lions Clube realizou uma campanha de arrecadação de roupas em bom estado. Tudo foi destinado para o Bazar do Bem da Santa Casa de Votuporanga, beneficiando milhares de pacientes. 

O coordenador do projeto e diretor da Instituição, Luiz Antônio Chiquetto, acompanhou todo o trabalho. “Fiquei muito feliz com essa contribuição, pois sei da importância destas pequenas ações que, somadas, auxiliam na manutenção dos atendimentos, principalmente do Sistema Único de Saúde (SUS)”, afirmou o ex-governador do Distrito LC-6. 

A presidente do Bazar do Bem, Carla Angélica Candido, agradeceu a doação. “O Lions é nosso parceiro, sempre nos ajuda com colaborações importantes. Esta arrecadação irá trazer renda para o Hospital, que investirá em mais humanização”, disse. 

Carla destacou o objetivo do Bazar. “É um projeto muito lindo e que faz realmente a diferença para a Santa Casa. Com a renda da comercialização dos produtos, foi possível adquirir equipamentos para a assistência. Estamos aqui para vender artesanatos e outros artigos a preços simbólicos, pensando naqueles que tanto precisam”, ressaltou. 

O provedor da Santa Casa, Luiz Fernando Góes Liévana, agradeceu a dedicação das voluntárias. “Elas nos auxiliam a manter os atendimentos com qualidade e representam dezenas de pessoas que se doam ao próximo e ao Hospital, sem receber financeiramente. Reconhecemos cada atitude e agradecemos também o Lions e toda a comunidade, que nos ajudam tanto”, finalizou. 

Sobre o Bazar 

O Bazar do Bem comercializa seus produtos que são captados por meio de doações. Toda a renda é destinada para o Grupo de Humanização do Hospital, que busca maneiras de oferecer um atendimento cada vez melhor aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).  

Respeitando todas as orientações, o horário de funcionamento será das 8 às 12h e das 13h30 às 17h, de segunda a sexta-feira. Uma colaboradora da Santa Casa estará à disposição para atender apenas duas pessoas por vez. Mas atenção! É imprescindível que os consumidores estejam com máscaras e higienizem suas mãos logo na entrada, com álcool em gel. 

O prédio está localizado no cruzamento da avenida da Saudade com a rua Minas Gerais e existe também o atendimento pelo Whatsapp 17 99718-5981.