Falta de cilindros de oxigênio para pacientes com Covid preocupa Secretaria de Saúde de Jales

188

Pasta faz apelo para que cilindros não utilizados sejam devolvidos; mais de 70 pessoas precisam do oxigênio para tratamento domiciliar.


A falta de cilindros de oxigênio para pacientes que fazem o tratamento contra a Covid-19 tem preocupado a Secretaria de Saúde de Jales/SP.

De acordo com Alexis Shigueru Kitayama, secretário de Saúde do município, atualmente são mais de 70 pessoas que precisam do oxigênio para prosseguir com o tratamento em casa. 

“Por enquanto não está havendo desabastecimento de oxigênio, já o cilindro a empresa faz o possível para que não falte. A empresa disse que comprou, mas quem fornece não tem previsão de entrega dos cilindros”, explica. 

“Pedimos para que, quem tem cilindro em casa e não faça uso, os devolva para que possamos recarregar e repassar para quem realmente precisa.” 

Segundo a secretaria, mais duas mortes de pacientes que aguardavam a transferência para leitos de tratamento da doença foram registradas no município. Os pacientes eram uma mulher de 71 anos e um homem, de 74. 

Uma equipe da secretaria da saúde e assistência ligando todo dia para ver como está o uso, se pode liberar o cilindro. UPA registrou ontem mais duas mortes de pacientes que aguardavam leitos, senhora de 71 anos e outro homem de 74 anos. Uma pessoa está entubada aguardando leito de UTI-COVID. 

O município contabiliza 4.661 casos positivos da doença, sendo que 4.053 pacientes estão curados e 138 morreram desde o início da pandemia.

*Com informações do g1