Encontre uma atividade terapêutica na pintura artística

189

Por Gustavo Rapassi –

A minha missão é ajudar você a encontrar uma atividade que vai aliviar seu estresse e tirar as tenções do dia a dia através de uma terapia manual, uma forma simples de pintar e de transformar peças sem utilidade em objetos de decoração.

Praticar pintura artística te permite expressar os sentimentos mais escondidos e mais difíceis de serem expostos com palavras, fazer o que você gosta ajuda a expressar a sua verdade interior.

E o mais gostoso é o processo de pintar, as descobertas com as cores e as sensações com as tintas.

Se torna ainda mais terapêutico quando você faz suas pinturas sem pressão de ter que ficar igual a pintura de alguém, pintando do seu jeito, no seu ritmo e fazendo o que você gosta.

Assim você consegue se expressar de forma mais eficiente e atingir o resultado com a sua personalidade e deixe sair sua verdade interior.

Com a prática você vai se conhecendo e aperfeiçoando, dominando as técnicas e aceitando as suas limitações, independente de idade, do seu gosto e estilo

E você vai perceber sua evolução para entender o seu estilo, mesmo que você acha que não tem estilo próprio.

Para isso não existe um método milagroso, você precisa pintar de forma simples ouvindo seu interior, seguindo sua intuição e a transformação maior acontece no seu emocional.

A não ser que você já faça isso, quando você entender que pode fazer do seu jeito, vai se envolver de tal forma que vai trazer motivação e empolgação para sua vida e vai te deixar entusiasmado.

Isso porque o processo terapêutico já começa a acontecer na elaboração do que você vai fazer, com as idéias, o planejamento e as expectativas.

E vai te deixar mais motivado ainda quando você perceber que você pode pintar e transformar o que você tem em mãos, pintar em telas, ou até em objetos velhos e em materiais rústicos.

Assim você pode desenvolver suas habilidades com um trabalho feito por você mesmo do começo ao fim.

E ainda você pode decorar sua casa com personalidade, ou presentear as pessoas com suas próprias pinturas.

Seguindo essas orientações você vai ver que qualquer pessoa pode pintar e você pode fazer tudo isso mesmo se nunca pintou antes, ou mesmo se você acredita que não tem o dom.

O envolvimento com trabalhos manuais desenvolve a sensibilidade, aumenta a capacidade de concentração e auxilia no controle da ansiedade.

Desenhar estimula a capacidade de concentração, estimula o raciocínio crítico e desenvolve o equilíbrio mental e intelectual.

Pintar e trabalhar com as cores estimula a expressão e a exteriorização das emoções e dos sentimentos.

Então pinte sem pressão e sem cobranças de que tem que ficar perfeito ou de ter que ficar igual a pintura de alguém.

No começo tudo bem de você copiar de alguém para se sentir mais seguro, mas a sua criatividade só vai aparecer quando você a estimular. Então force um pouquinho e comece a copiar de fotos reais e não fotos de pinturas.

E depois comece a pintar usando as fotos que você mesmo tirou, das coisas que você gosta.

Faça isso e você vai passar a ver arte em tudo que tiver ao seu redor.

Pintar é um momento em que você fica em contato consigo próprio, porque a única preocupação é fazer o que você gosta e ser feliz.