Em Três Fronteiras, pescadores são multados por pesca com métodos não permitidos

261

Flagrantes da Polícia Militar Ambiental ocorreram na última sexta-feira (29); pescados foram devolvidos a represa e uma tarrafa foi recolhida e depositada na Base Operacional de Santa Fé do Sul/SP.


A Polícia Militar Ambiental multou dois pescadores durante patrulhamento náutico pela “represa de Ilha Solteira, Ribeirão Ponte Pensa”, no município de Três Fronteiras/SP, na última sexta-feira (29).

De acordo com informações, os indivíduos acabaram autuados por pescar em período no qual a pesca seja proibida. Para um deles, foi elaborado o auto de infração ambiental no valor de R$ 741,90, pois havia capturado 1,995 kg de corvina; além de que possuía 0,100 kg de lambaris utilizados como iscas, sem nota fiscal. 

Já para o segundo abordado, foi elaborado o auto de infração ambiental no valor de R$ 721,00, pois este havia capturado 0,950 kg de corvina; além de 0,100 Kg de lambaris utilizados como iscas, sem nota fiscal.

Outro caso 

Ao prosseguirem em patrulhamento pela “represa de Ilha Solteira, Córrego do Engano”, em Três Fronteiras, os policiais militares ambientais se depararam com um pescador da categoria amadora às margens da represa utilizando uma tarrafa de nylon duro, com malhas de 65mm, sendo que havia capturado duas espécimes de porquinho pesando 0,345 kg. 

O indivíduo foi multado em R$ 1.413,80 por pescar com petrecho proibido. O pescado apreendido foi solto por estarem vivos, e a tarrafa recolhida na Base Operacional de Santa Fé do Sul.