Dupla é presa após tentar aplicar golpes com cartões bancários em Mirassol 

154

Segundo a polícia, dupla entrava em contato com as vítimas portando dados pessoais e se passando por funcionários da agência bancária; foram apreendidas máquinas de cartão, documentos falsos, celulares e cartões.


Dois homens foram presos na segunda-feira (7), em Mirassol/SP, suspeitos de tentarem aplicar golpes usando cartões bancários na região de São José do Rio Preto/SP.

Segundo a Polícia Civil, denúncias apontaram que a dupla chegou na cidade em um ônibus de São Paulo/SP e ficou hospedada em hotéis.

Um dos suspeitos foi localizado e apresentou divergências durante a identificação. No quarto onde ele estava hospedado foram encontradas máquinas de cartão e documentos falsos. 

Investigações apontaram que a dupla entrava em contato com as vítimas portando dados pessoais e se passando por funcionários da agência bancária. 

Os criminosos mencionavam uma suposta compra realizada e informavam que o cartão havia sido clonado. O golpista, então, dizia que um funcionário do banco iria até a residência para buscar o cartão e orientava que a vítima cortasse o cartão e escrevesse uma carta dizendo que não reconhecia a dívida. 

“O golpista pegava o cartão já cortado, o que não impede de ver o número e o código de segurança. A partir daí eles começavam a tentativa de fazer saques, pagar boleto, mas não conseguiram porque acabaram sendo detidos”, explica o delegado Jairo Garcia. 

Ainda de acordo com a polícia, os homens são de São Paulo e informaram que viajam por todo o país para aplicar os golpes. Eles alegaram que não conhecem os chefes do esquema, mas confirmaram que há hackers envolvidos nos crimes. 

Os suspeitos foram presos em flagrante por tentativa de estelionato. Um dos suspeitos possui passagens policiais por crimes como receptação e furto e o outro por roubo, tendo inclusive já estado preso. 

Policiais apreenderam máquinas de cartão, documentos falsos, celulares e cartões das vítimas. 

A polícia informou que duas vítimas da dupla foram identificadas até a publicação desta reportagem, sendo uma mulher de cerca de 60 anos e um idoso de 88 anos. 

*Com informações do g1