Conheça duas formas diferentes de se expressar na pintura, identifique a sua

377

Por Gustavo Rapassi

Existem duas formas de pintar que são muito comuns:

Uma delas é quando você prefere pintar sem ficar elaborando muito o desenho e a pintura. É quando você simplesmente pinta, seguindo sua voz interior e sua intuição, de forma mais impulsiva sem ficar pensando muito, só passa tinha e pronto, curtindo o momento. Quem prefere pintar assim, expressa mais suas emoções e seus sentimentos.

A outra forma é quando você faz um planejando maior para suas pinturas, prevendo detalhes e elaborando melhor o desenho, as cores e a escolha do tema. Assim você vai expressar mais seu lado racional e crítico.

As duas formas são corretas e proporcionam resultados bem característicos.

Por exemplo as pinturas impressionistas e as expressionistas são opostas nos seus conceitos. Mas visualmente é muito comum para quem não conhece considerar que os dois estilos são iguais. Os expressionistas procuram pintar e expressar as emoções e o quê sentem.

Por isso as formas e desenho, não precisam ser iguais a realidade visual. Podendo até deixar as imagens deformadas e o desenho estilizado, aceitando a própria capacidade de desenhar, seja ela como for.

E as cores podem ser diferentes da realidade visual, elas podem gerar um clima mais dramático, exagerando nas tonalidades. E não demoram muito para escolher do tema que vão retratar.

Já os impressionistas são bastante racionais e fazem suas pinturas observando bastante antes de começar a pintar, para captar as cores exatas do ambiente que estão retratando.

Sempre pintam o que está exposto á luz natural, eles procuram estudar a ciência para entender o efeito das cores nos objetos. Mas visualmente os dois estilos tem pinceladas espessas e são pintados com borrões, então por isso, quem não conhece o conceito, considera os dois estilos iguais.

Isso não quer dizer que você precisa se identificar com o nome de um ou de outro, mas é bom entender que a diferença existe e que elas são muito bem aceitas.

Então a forma que você preferir pintar será correta e você não precisa se preocupar em ser diferente do que você é, nem fazer diferente do jeito que você gosta de fazer.

Você só precisa se encontrar na sua forma de se expressar.

Pintura expressionista

 

Pinturas impressionistas