Cidades do noroeste paulista fecham prainhas para tentar controlar casos da Covid-19

146

Sales, Buritama, Araçatuba, Barbosa e Santa Albertina anunciaram fechamento das prainhas por tempo indeterminado, mesmo com a chegada do feriado prolongado de Páscoa.


Para tentar controlar o número de casos de coronavírus, municípios do noroeste paulista determinaram o fechamento de prainhas mesmo com a chegada do feriado prolongado de Páscoa. 

Em Sales/SP, a prefeitura comunicou que é proibido o aluguel de ranchos e casas de veraneio. Disse também que equipes realizam a fiscalização para verificar o cumprimento das medidas de prevenção contra a Covid-19. 

Araçatuba/SP, Barbosa/SP e Buritama/SP também permanecem com prainhas fechadas ao público. Não há data prevista para a reabertura dos locais. 

Em Buritama, ainda conforme o decreto publicado pela prefeitura, supermercados e similares podem funcionar até domingo (4) apenas por sistema delivery. Também foi proibida a venda de bebidas alcoólicas desta sexta-feira (2) a domingo. 

Em janeiro, a Prefeitura de Santa Albertina/SP também decretou a interdição da prainha por tempo indeterminado. 

Para impedir a presença de moradores e turistas, equipes da prefeitura instalaram fitas zebradas em quiosques, mesas e aparelhos de academia ao ar livre. 

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura, o município contabiliza 566 casos positivos da Covid-19, sendo 498 pessoas recuperadas e 13 mortes. 

*Com informações do g1