Casa da Criança de Votuporanga celebra 50 anos

202
Ano 2019 - Espetáculo Movimento e Diversidade. Esse espetáculo é resultado do Projeto Movimento e Diversidade desenvolvido naquele ano

`Educação não transforma o mundo.   Educação muda pessoas. Pessoas transformam o mundo.` (Paulo Freire)

 

Agosto de 1972 – Artesanato – na foto estão Sra. Eneide, Irmã Maria do Carmo, e o Tenente Atiliano Guatemosin Pedroso.
Crianças Atendidas em 2003 –  passeio ao Circo Beto Carreiro

 

Ao longo dessas cinco décadas, a Casa da Criança colecionou feitos históricos que mudaram a maneira de vida de crianças e jovens. Todo esse sucesso e mérito são frutos de muita dedicação e também à equipe de trabalho que somados são a força que impulsiona a instituição em suas conquistas e realizações.

No ano do cinquentenário vale ressaltar e sensibilizar a sociedade mobilizando e chamando atenção para a inclusão além da importância dos serviços prestados pela instituição para crianças e jovens no município.

A Casa da Criança de Votuporanga foi fundada em 18 de abril de 1971 seus idealizadores foi o casal Eneide da Costa Rodrigues e Walter Eleutério Rodrigues.

Com sede própria nesta cidade, situada na Avenida República do Líbano, 1885, é uma Organização da Sociedade Civil, sem fins lucrativos, de duração indeterminada e área de atuação em todo o território que compõem o município de Votuporanga.

A instituição tem por finalidade atendimento assistencial, educacional, cultural e esportivo as crianças, adolescentes e suas respectivas famílias, dentro da promoção e Proteção Social Básica de forma gratuita, continuada, permanente e planejada, objetivando a convivência social, o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, a defesa e a garantia de seus direitos.

Em comemoração à data a Casa da Criança promoveu na última sexta-feira, 15/04/21 entrega de bolo, cachorro quente e presentes para os atendidos: crianças/adolescentes.

A Entidade falou sobre a data com o Diário.

DV: – Qual o número de atendidos hoje por vocês e como funciona o trabalho desenvolvido pela instituição?

“A organização está atendendo 80 crianças e adolescentes na faixa etária de 06 a 15 anos, possui com a missão de proporcionar desenvolvimento integral para crianças e adolescente, por meio de ações educativas, visando a formação de cidadãos comprometidos com a sociedade. A ideia é ser referência no protagonismo infanto-juvenil. Atualmente executamos diversos projetos nas áreas de Assistência Social, Esporte e Cultura.

Ações e projetos atuais em andamento:

– Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos possui como foco a constituição de espaço de convivência e fortalecimento de vínculos, formação para participação e cidadania, desenvolvimento do protagonismo e da autonomia das crianças e dos adolescentes, as crianças frequentam a instituição diariamente em período de contra turno escolar e participam de diversas oficinas, como: rodas de conversas, oficinas esportivas, de arte e cultura e acompanhamento social.

O Projeto Aprendendo e Convivendo: Um Elo para a paz, também compõem as ações de assistência social e tem o objetivo de formação para não violência.

– Projeto de Arte e Cultura: Promove a relação entre participantes e comunidade por meio da realização de práticas artísticas relacionadas ao universo do circo, danças, cênicas, poesias, música dentre outras, integra a formação e a integração de crianças e adolescentes por meio do contato com elementos de arte e cultura, já executamos os projetos “Movimento e Diversidade e a “A Magia do Circo”.

Projeto esportivos:

Promove através do esporte a convivência social, proteção social e estimulo ao desenvolvimento de habilidades e potencialidades, atualmente trabalhamos com os projeto “Judô Caminho para o Futuro” e “Bola Pra Frente”. Também desenvolvemos oficina de Capoeira e recreação.

– Projetos Educacionais: Desenvolver habilidades e competências, podendo, inclusive, despertar para o início de carreiras profissionais. Iremos iniciar esse ano o projeto “Robótica Educacional: Construindo Cidades Inteligentes.”

DV: – Como estão sendo realizados os trabalhos nesse período de pandemia e quais a dificuldades encontradas?

“A instituição em nenhum momento suspendeu seu atendimento, somos uma organização de assistência social e ela é considerada uma atividade essencial. Somente tivemos que mudar as estratégias de acompanhamento. A Organização permaneceu aberta em continuidade no atendimento social presencial agendado, intensificou as visitas domiciliares as crianças/adolescentes, criou estratégias remotas para envio das atividades, formando grupos de whats zap com as famílias; intensificou publicações de atividades nas redes sociais da OSC, como facebook, instagram e criou canal no youtube,. Também disponibilizamos material impresso das atividades e passamos a entregar duas vezes por semana lanches e marmitas para as famílias. Todo esforço foi de manter os vínculos com as famílias e assim promovermos o acompanhamento social. Possuímos site da instituição com informações sobre os projetos e prestação de contas.”

DV: – Vocês recebem doações ou não? Se sim como as pessoas podem ajudar?

“Sim, recebemos doação. As pessoas podem ajudar de diversas maneiras, ela pode se tornar um sócio contribuinte e doar mensalmente um valor em dinheiro, pode ser doadora automática da nota fiscal paulista, escolhendo nossa instituição. Também recebemos doações de roupas, alimentos, produtos de higiene dentre outros ou pode ser voluntário ajudando nos eventos promocionais ou desenvolvendo alguma ação com as crianças e adolescente atendidos. Caso queiram saber mais de como poder ajudar pode entrar em contato conosco.”

DV: – Para Eneide da Costa Rodrigues o Diário indagou – Qual a importância do aniversário de comemoração de 50 anos da Casa da Criança?

“São 50 anos de dedicação, trabalho e muito amor. Quando tudo começou em 1971 nosso sonho era acolher as crianças, tirá-las da rua e dar oportunidade para os pais, principalmente para as mães trabalharem, várias ações/atividades na área de assistência social e educacional que contribuíram na formação dessas crianças. Hoje sempre encontramos aquela criança já adulta com a frequente pergunta lembra de mim? Fiquei vários anos na Casa da Criança, hoje tenho minha oficina, meu comércio, meu emprego, casei, tenho filhos, estou bem. E essa é a recompensa de tanto trabalho e dedicação e o maior motivo de se comemorar….  fico feliz por saber que a Casa da Criança continua inovando e pensando em prestar um serviço para nossa sociedade, contribuindo na formação de nossas crianças para se tornarem cidadãos autônomos e responsáveis. São 50 anos em constante evolução onde a cada dia que passa é proporcionado com segurança, dedicação, colaboração, carinho, atenção e muito amor educação. Parabéns não somente a Casa da Criança mas a todos que nesses 50 anos, puderam se formar e crescer como cidadãos! ”

A Casa da Criança atualmente é presidida pelo empresário Eduardo Pardo da Costa

Contatos: telefones; (17) 3406-3800 ou 98198-2060. Conheça a Casa da Entidade por meio de suas plataformas digitais –

Site: www.casadacriancavotuporanga.org.br

instagram: casadacrianca.votu

Facebook: casa da criança de votuporanga

(Colaborou Andrea Anciaes)