Caixa abrirá neste sábado para pagamento de auxílio emergencial

395

Unidades atenderão, das 8h às 14h, somente beneficiários da Poupança Social Digital nascidos de janeiro a outubro que optaram por realizar o saque em espécie.

A Caixa Econômica Federal informa que abrirá 902 agências no país neste sábado (2), das 8h às 14h, somente aos beneficiários nascidos de janeiro a outubro que recebem o Auxílio Emergencial pela Poupança Social Digital e optaram por realizar o saque em dinheiro.

A abertura no sábado permitirá a antecipação do calendário do saque em espécie para os nascidos em setembro e outubro, previsto para segunda-feira (4). A data para os nascidos em novembro e dezembro está mantida na terça-feira (5).

Para evitar aglomerações nas agências, a Caixa estabeleceu um calendário para os beneficiários que quiserem sacar em dinheiro o valor depositado nas poupanças digitais abertas para os trabalhadores. Veja o atualizado:

 

27 de abril – nascidos em janeiro e fevereiro

28 de abril – nascidos em março e abril

29 de abril – nascidos em maio e junho

30 de abril – nascidos julho e agosto

2 de maio – nascidos em setembro e outubro

5 de maio – nascidos em novembro e dezembro

Até esta quinta-feira (30), 50 milhões de brasileiros já receberam o benefício, no total de R$ 35,5 bilhões.

 

Calendário e formas de pagamento

Quem tem direito e como funciona? Tire suas dúvidas

 

Nos últimos dias, as agências da Caixa têm registrado enormes filas, que começam até no dia anterior. De acordo com o banco, entre o público que tem direito ao auxílio, grande parte é de pessoas fora do sistema bancário ou que não possui facilidade com os canais digitais. Além destes, muitos procuram as agências em busca de informações, inclusive pessoas que não têm direito ao benefício, ressalta a Caixa.

 

O banco salienta ainda que as pessoas apenas busquem as agências se precisarem realizar serviços essenciais ou com direito ao auxílio pela Poupança Social Digital e desejam fazer o saque em espécie.

 

A Caixa reforça que a prioridade é manter o atendimento digital, por meio do cadastramento por app, site e a movimentação do benefício pelo Caixa Tem, que dá acesso à poupança social digital. Dessa forma, o banco pede que a população só se dirija às agências em último caso.

 

Aqueles que receberam o crédito por meio da Poupança Digital podem pagar boletos e contas de água, luz, telefone, entre outras, bem como fazer transferências para outros bancos por meio do aplicativo Caixa Tem.

 

De acordo com a Caixa, os beneficiários que recebem o crédito em poupança do próprio banco podem movimentar o valor digitalmente pelo internet banking ou utilizando o cartão de débito em suas compras.

 

Os beneficiários do Bolsa Família elegíveis para o auxílio recebem o crédito no mesmo calendário e na mesma forma do benefício regular, por meio do cartão Bolsa Família nos canais de autoatendimento, lotéricas e correspondentes Caixa Aqui; ou por crédito na conta Caixa Fácil.

 

Calendário de pagamentos

São três calendários de pagamento diferentes:

 

um para quem se inscreveu para receber o Auxílio Emergencial através do aplicativo ou do site do programa;

um segundo para os beneficiários que recebem o Bolsa Família;

e um terceiro para os inscritos no Cadastro Único que não recebem o Bolsa Família e mulheres chefes de família.

 

Para quem for receber via poupança digital da Caixa, os saques em dinheiro começaram a ser liberados na segunda e se referem ao calendário no começo da reportagem.

 

VEJA O CALENDÁRIO POR GRUPOS DE BENEFICIÁRIOS

  1. Inscritos no aplicativo e site

A primeira parcela para esses beneficiários começou a ser paga em 14 de abril. Os pagamentos são feitos em até cinco dias úteis após o cadastro. Muitos beneficiários, no entanto, reclamam de atraso nos pagamentos e afirmam que esse prazo não vem sendo cumprido.

Para a segunda parcela, a Caixa chegou a anunciar a antecipação do pagamento, mas o Ministério da Cidadania informou que o governo não seria possível antecipar. Previstos inicialmente para começarem na próxima segunda-feira (27), os pagamentos da segunda parcela do Auxílio Emergencial ainda não têm data definida.

A terceira e última parcela está programada para maio:

– 26 de maio para nascidos de janeiro a março

 

– 27 de maio para nascidos de abril a junho

 

– 28 de maio para nascidos de julho a setembro

 

– 29 de maio para nascidos de outubro a dezembro

 

  1. Beneficiários do Bolsa Família

Os beneficiários do Bolsa Família vão receber nas mesmas datas e da mesma forma em que recebem esse benefício.

 

A primeira parcela do Auxílio Emergencial já foi paga àqueles cujo último dígito do NIS é igual a 1, 2, 3, 4 ou 5. Os demais seguem o calendário:

– Sexta-feira (24): 1.919.453 beneficiários cujo último digito do NIS é igual a 6

 

– Segunda-feira (27): 1.921.061 beneficiários cujo último digito do NIS é igual a 7

 

– Terça-feira (28): 1.917.991 beneficiários cujo último digito do NIS é igual a 8

 

– Quarta-feira (29): 1.920.953 beneficiários cujo último digito do NIS é igual a 9

 

– Quinta-feira (30): 1.918.047 beneficiários cujo último digito do NIS é igual a 0

 

 

Segunda parcela: últimos dez dias úteis de maio

Terceira parcela: últimos dez dias úteis de junho

  1. Inscritos no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família

A primeira parcela foi creditada para esses beneficiários entre os dias 14 e 17 de abril. Outros 1,2 milhão de beneficiários cujos cadastros foram validados pelo Dataprev no último domingo irão receber na quarta-feira (22).

Para a segunda parcela, a Caixa chegou a anunciar a antecipação do pagamento, mas o Ministério da Cidadania informou que o governo não seria possível antecipar. Previstos inicialmente para começarem na próxima segunda-feira (27), os pagamentos da segunda parcela do Auxílio Emergencial ainda não têm data definida.

Terceira e última parcela:

– 26 de maio para nascidos de janeiro a março

 

– 27 de maio para nascidos de abril a junho

 

– 28 de maio para nascidos de julho a setembro

 

– 29 de maio para nascidos de outubro a dezembro