Bailarina da região é aprovada em seleção para Escola Bolshoi em Joinville

479
Rebeca no Bolshoi em Joinville — Foto: Arquivo Pessoal

Rebeca de apenas 9 anos, pratica a dança há três. Ela foi selecionada para estudar por oito anos na única escola Bolshoi fora da Rússia.

Rebeca é de Araçatuba (a 128,2 Km de Votuporanga), mas vai deixar a cidade para seguir um sonho: fazer aulas de ballet na Escola Bolshoi de Joinville (SC).

Ela tem apenas 9 anos e já pratica a dança há três. O sonho de se formar bailarina na melhor escola do país e do mundo quase que não foi realizado.

A pequena fez a pré-seletiva em Birigui (SP) e não passou, mas o sonho e a vontade de ser umas das 21 selecionadas seguiu firme.

“Eu não passei na seletiva de Birigui, fiquei muito chateada, chorei bastante, mas não desisti, porque aquilo era meu sonho”, contou.

Mesmo sem ter passado, ela pediu para a mãe, Elaine Faria de Morais, para que fizesse novamente a inscrição, só que dessa vez, em outra cidade, em Bauru (SP).

Elaine fez a inscrição e as duas foram para a cidade na pré-seletiva. Na segunda tentativa deu tudo certo, e Rebeca foi pré-selecionada para a prova nacional em Joinville.

Apenas 800 pessoas, de 5 mil inscritos foram selecionadas para ir até a cidade sede do Bolshoi no Brasil. Lá, os pequenos bailarinos passaram por três provas.

A primeira foi com um médico fisioterápico, que analisa a flexibilidade do corpo. No segundo dia, os bailarinos fizeram uma prova de matemática, português e redação e de musicalidade. No terceiro dia também foi uma prova de musicalidade.

Aprovada

Rebeca estava dormindo quando recebeu a notícia que foi uma das 21 meninas selecionadas para passar oito anos na escola e se formar como bailarina profissional.

“A sensação foi muito boa, de muita felicidade. Eu estava dormindo no carro com meus pais quando começaram a ler os nomes de quem tinha passado na seleção de 2020. Aí eu acordei e vi que o meu nome estava na lista”, contou Rebeca.

Agora, a família toda, que é de Araçatuba, vai se mudar para a Santa Catarina para poder realizar o sonho da filha.

As aulas na maior escola de ballet do mundo começam em janeiro de 2020 e são oito anos até a formação profissional. Segundo a mãe da menina, a meta da filha depois de se formar é se apresentar internacionalmente.

“Ela é muito pequena, mas é muito focada, é o sonho de todo bailarino apresentar internacionalmente. Tem grandes chances de ingressar em uma grande companhia”, contou a mãe.

A Escola do Teatro Bolshoi no Brasil funciona desde 2000 na cidade catarinense de Joinville. É a única filial do famoso Teatro Bolshoi da Rússia.

Já o Teatro Bolshoi é uma das principais companhias de balé e ópera do mundo. É considerado patrimônio cultural da humanidade pela ONU e UNESCO. Bolshoi, que em russo significa ”grande”, foi fundado em 1776.

“Meu sonho é ir para a Rússia e conhecer tudo de perto, seria um sonho realizado que vou batalhar para acontecer”, afirma.

 

* Por Carolina Paschoalon – Sob supervisão de Marcos Lavezo (G1)