Aulas nas escolas municipais retornam dia 1º de forma remota

273

Aulas presenciais no âmbito do ensino público municipal somente retornarão após cumpridos todos os protocolos pedagógicos e sanitários contra a COVID-19.


As aulas nas escolas municipais de Votuporanga retornam de maneira remota no dia 1º de fevereiro, na segunda-feira. Da mesma forma como ocorreu durante o ano passado, as videoaulas serão gravadas e disponibilizadas no site do programa www.escolarvotu.com.  

O Decreto Municipal nº 13.055, publicado no Diário Oficial Eletrônico desta segunda-feira (25/1), determinou que as aulas presenciais no âmbito do ensino público municipal (educação infantil, ensino fundamental e EJA – Educação de Jovens e Adultos), somente retornarão após cumpridos todos os protocolos pedagógicos e sanitários contra a COVID-19, contidos no Plano de Retomada das Aulas do Município de Votuporanga. 

Desta forma, segundo informações do secretário municipal da Educação Marcelo Batista, durante a primeira semana de aula, de 1 a 5 de fevereiro, os professores farão acolhida dos alunos e seus familiares em ambiente online. Na semana seguinte, de 8 a 12 de fevereiro, haverá aplicação de atividades diagnósticas; e de 18 a 28 de fevereiro serão realizadas atividades provocativas, ocasiões em que os professores entenderão em que momento de aprendizado está cada turma. 

Kit Alimentação 

Em fevereiro, passado o período de férias escolares de janeiro e retomadas as aulas remotamente, a Secretaria da Educação voltará a entregar kits de alimentação para todos os alunos matriculados nas escolas municipais. As famílias serão comunicadas pelas unidades de escolares sobre o início da distribuição que seguirá todos os protocolos sanitários, assim como ocorreu em dezembro do ano passado. 

Aquisição de equipamentos de proteção 

Prevendo um possível retorno às aulas presenciais para o mês de março, a Secretaria da Educação está adquirindo diversos equipamentos de proteção individual para uso dos profissionais e, também, no caso dos alunos de Ensino Fundamental, kits individuais contendo duas máscaras faciais laváveis, álcool gel, sabonete antibactericida, lenço umedecido e squeeze. As escolas também estão sendo adequadas de acordo com os protocolos sanitários, portanto, as salas de aulas e todos os ambientes das unidades estão recebendo dispositivos de álcool em gel, inclusive totens acionados por pedal. 

Testagem em massa de profissionais da Educação 

No dia 1º de fevereiro também inicia a testagem em masse de 1.500 profissionais da Educação. A ação foi uma determinação do prefeito Jorge Seba e será possível mediante parceria entre as Secretarias da Saúde e da Educação. Um calendário foi organizado pela Secretaria da Educação para atender profissionais de todas as unidades escolares com agendamento de horários de forma a atender todos sem gerar aglomeração. 

Retorno presencial gradativo 

Todos os trabalhos estão sendo desenvolvidos para que ocorra o retorno das aulas presenciais de forma gradativa no momento em que a situação da pandemia se mostrar mais favorável. Segundo o secretário da Educação do Município, Marcelo Batista, a previsão é que este retorno gradativo ocorra em março, no entanto, o Município acompanha a evolução da pandemia.  

“Quando retornarmos as aulas presenciais, serão priorizados os alunos do Bolsa Família que vivem em situação de maior vulnerabilidade e também aqueles estudantes que apresentaram dificuldades de aprendizagem”, explicou o secretário. 

Protocolos sanitários   

Na tarde de segunda-feira (25/1) a Secretaria Municipal da Educação juntamente com a Secretaria Municipal da Saúde e o Comitê de Enfrentamento à COVID-19 realizaram uma reunião com representantes de escolas particulares e instituições filantrópicas para esclarecer sobre os protocolos sanitários necessários para o retorno às aulas presenciais. As orientações foram fornecidas pela Vigilância Sanitária e referendadas pelo Comitê. São importantes, tendo em vista que o Governo do Estado deu autonomia para as instituições privadas manterem seus calendários, inclusive com aulas híbridas.  

“Desde o início do ano estamos em contato com toda a rede de ensino pública e privada para traçarmos, em regime de colaboração, um alinhamento da educação de maneira geral no município. É a primeira vez que fazemos esse trabalho em conjunto entre instituições públicas e privadas em Votuporanga. Compartilhamos nosso Plano Municipal de Retomada com as demais unidades de ensino que fizeram suas adaptações quanto ao calendário de aulas presenciais, no entanto, todos seguem um único objetivo, oferecer um serviço de educação com qualidade e prezando pela segurança de alunos e profissionais”, disse o Secretário Marcelo Batista.