Senac São Paulo participa de campanha de vacinação

195

Estudantes e docentes do curso Técnico em Enfermagem de 38 unidades participam voluntariamente das ações de imunização em apoio a serviços de saúde.


Considerando o cenário de agravamento da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no país e a urgência e os desafios para alcançar o máximo de eficiência na vacinação, docentes e alunos de 38 unidades tornaram-se voluntários nas ações de imunização.

A campanha teve início em 26 de janeiro com a imunização dos profissionais de saúde. Todos os grupos passaram por capacitação virtual sobre as medidas de biossegurança, higienização das mãos, andamento e dinâmica do plano de imunização municipal e estadual. Estudantes e docentes da instituição de ensino foram vacinados no primeiro dia de campanha e a carga horária da campanha de vacinação poderá ser atribuída à carga horária de estágio supervisionado.

“Os protocolos que utilizamos estão em consonância com o plano nacional de imunização e reforçam a utilização de EPIs em larga escala, protegendo os alunos contra a disseminação do novo coronavírus com precauções de contato, gotículas e aerossóis”, explica Ana Carolina Bhering, coordenadora da área de enfermagem do Senac São Paulo.

Segundo a especialista, os critérios para a formação das equipes levaram em conta aspectos rigorosos, como, por exemplo, a seleção dos estudantes com competências para administrar medicamentos, soluções e imunobiológicos. “Além dos critérios rigorosos, os alunos são supervisionados pelos docentes durante todas as ações promovidas na campanha de imunização”, acrescenta a coordenadora.

Engajamento social por conta da pandemia

Na pandemia do novo coronavírus, a instituição teve iniciativas variadas. Uma delas foi o projeto Senac Aventais do Bem, no qual funcionários, docentes, alunos e o público em geral, de forma voluntária, produziram mais de 11.000 aventais e mais de mil máscaras de proteção que foram doados a estabelecimentos e profissionais de saúde.

Houve também, no início da pandemia, a distribuição de equipamentos de proteção individual (EPIs) e de produtos de higiene pessoal e limpeza a instituições necessitadas. Foram doados mais de 630 mil itens (370 mil EPIs e 260 mil materiais de limpeza hospitalar, descartáveis e de higiene pessoal) para cerca de 60 hospitais e instituições na capital e no interior de São Paulo.

Também foi criada a plataforma digital É hora de aprender em casa que disponibilizou mais de 72 mil vagas gratuitas para 76 cursos e dezenas de trilhas de conhecimento, através de canal no YouTube do Senac São Paulo.

Houve acesso gratuito à Biblioteca Virtual do Senac São Paulo, um acervo digital com aproximadamente mil conteúdos, entre e-books, revistas, jornais, entre outros.

Ajudar em demandas urgentes como a atual, assumindo protagonismo social. É assim que o Senac São Paulo está trilhando seu caminho, acreditando na ciência e na capacidade de ação de uma rede colaborativa. Mais informações sobre o Senac São Paulo: www.sp.senac.br.