Secretaria da Saúde realiza Mutirão contra a Dengue aos sábados

170

Ação tem início neste sábado e será realizada também no próximo, 27 de fevereiro, das 7h às 13h; Arrastão de Limpeza também é promovido durante a semana.


A Secretaria Municipal da Saúde da Prefeitura de Votuporanga inicia, neste sábado (20), o Mutirão Votuporanga contra o Aedes aegypti, das 07h às 13h. Agentes de saúde percorrerão residências nas quatro regiões da cidade, em locais onde há maior incidência de casos, para recolher criadouros e orientar moradores. Além deste sábado, o Mutirão também ocorrerá no próximo sábado, 27 de fevereiro. 

Hoje, Votuporanga registra 51 casos positivos de dengue e outros 84 estão em investigação. Segundo informações do Setor de Controle de Endemias e Zoonoses da Secretaria da Saúde, a Avaliação de Densidade Larvária do Município ficou em média 4.0, sendo que o nível máximo permitido é 1.0. O índice indica estado de risco para epidemia. 

Arrastão de Limpeza durante a semana 

Para evitar situações críticas como aquelas vividas em anos anteriores, a Secretaria Municipal da Saúde também deu início ao Arrastão de Limpeza contra a Dengue durante a semana. A ação tem como objetivo intensificar os cuidados no combate a proliferação do mosquito Aedes aegypt em todos os bairros. 

As equipes do Secez recolhem criadouros e orientam munícipes prevenindo a proliferação do mosquito transmissor da dengue, zikachikungunya e febre amarela, reduzindo, com isso, surgimento de novos casos. No entanto, este trabalho precisa contar com a participação da população que tem papel fundamental na manutenção dessas ações de combate. 

Quando da notificação de casos suspeitos, a Secretaria Municipal da Saúde realiza o bloqueio de 150 metros ao redor do local, com ações de orientação e eliminação de criadouros. Ao confirmar o caso, as ações são intensificadas com a pulverização/nebulização utilizando inseticida por meio de bomba costal. 

Medidas de prevenção 

As pessoas devem manter os cuidados, permanentemente, em suas residências, verificando o armazenamento de água parada e os recipientes que possam acumular água e virar criadouros do mosquito. Portanto, o Secez orienta à população a manter os quintais sempre limpos, eliminando garrafas, sacolas plásticas, entre muitos outros recipientes que possam acumular água da chuva. É igualmente importante lavar os bebedouros dos animais com água, bucha e sabão; limpar calhas, utilizar produtos como detergente e sabão em pó diluídos em água nos ralos internos e externos, a fim de se evitar a proliferação do vetor.