Primeiro “Cultura On-line” de maio será neste final de semana

150

Apresentações serão de artistas contemplados pela Lei Aldir Blanc, convidados, alunos do Niac e do Ballet Municipal.

A Secretaria da Cultura e Turismo da Prefeitura de Votuporanga terá o primeiro evento Cultura On-line do mês de maio neste final de semana. Artistas que tiveram seus projetos contemplados com a Lei Aldir Blanc, convidados, alunos do Núcleo de Iniciação às Artes Cênicas (NIAC) e também do Ballet Municipal de Votuporanga, da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, terão suas atrações transmitidas pelo Facebook e YouTube da Prefeitura a partir das 13h de sábado (01/05) e domingo (02/05).

Programação

No sábado, a primeira atração é da cantora Lucimar Menezes de Freitas, comtemplada com a Lei Aldir Blanc. O show “Lu Menezes & Fernando: Samba e Forró do Brasil”, traz em seu repertório músicas de artistas brasileiros consagrados do samba e do Forró Pé de Serra, como Alcione, Martinho da Vila, Elba Ramalho, Luiz Gonzaga entre outros.

Em seguida, com início às 14h, o Ballet Municipal de Votuporanga, projeto da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer encenará o “Festival de Danças: Tesouros do Mar”. A apresentação é sobre o mar e sua explosão de brilho e cores, onde o ballet das ondas, dos peixes, o movimento cadenciado do barco dos pescadores, os mergulhadores desvendando os segredos que habitam no fundo dos oceanos e a maravilhosa arquitetura dos corais se tornam o cenário da narrativa.

Durante os intervalos das atrações, haverá também encenações especiais mais curtas. No sábado, o Projeto “Arte e Vida”, que apresenta no formato de vídeos, interpretações produzidas por alunos e artistas locais convidados e é coordenado por Graziella Fuscaldo no NIAC (Núcleo de Iniciação às Artes Cênicas), traz a atriz Luciene Vespa interpretando o poema “Motivo”, de Cecília Meireles.

No domingo, às 13h, a abertura dos espetáculos é com a Companhia de Reis “Os Sábios do Oriente de Votuporanga”. O grupo, sob regência de Adão Rosário Cândido e do mestre Embaixador Mineirinho, conta com 15 artistas e já participou de várias atividades.

Encerrando, às 14h, o Grupo Experimental Dança apresenta o espetáculo “Nada Será Como Antes”. Nessa apresentação, oito dançarinos interpretam coreografias usando como referência a vida de Elis Regina, conhecida por sua competência vocal, musicalidade e presença de palco. O espetáculo aborda o tema relacionamento tendo como inspiração a poesia presente nas músicas interpretadas por Elis, utilizando o som das suas músicas. A apresentação contará com dançarinos de danças de salão, balé e contemporâneo, usando essas expressões artísticas para traduzir poesia em movimento, expressando coreograficamente emoções como amor, raiva, perdão, desejo, alegria, tristeza, insegurança, todos dentro de um contexto das relações humanas.

Nos intervalos das atrações de domingo, a Camerata Villa Lobos que traz em seu estilo a música instrumental, erudita e popular, apresentará a música “Cinema Paradiso”, tema do filme Homônimo, em homenagem ao ilustre maestro, compositor e arranjador Ennio Morricone. O compositor transitou com maestria pelos mais diversos estilos cinematográficos, como ação, drama, suspense e western, sendo muito reconhecido por este último. Além das mais de 400 trilhas para cinema e televisão, sua obra erudita conta com mais de 100 composições.

Outra apresentação desse dia é o vídeo performance “Ao Cais do Valongo – Quanto Vale a Carne Negra?” com a artista Tatiana Oliveira da Cruz Mucci. Em parceria com o Niac, o Projeto Plataforma, contemplado com ProAC Município 2019, promoveu o resgate histórico, evidenciando a história do Cais de Valongo, situado na zona portuária do Rio de Janeiro. O Cais é o vestígio material do mais importante porto de entrada de escravos vindos do continente africano para o Brasil.