Moro quer prestar esclarecimentos ao Senado

964
Sérgio Moro pretende ir a Câmara e ao Senado para se explicar

Segundo o líder do governo no Senado, Moro concordou em comparecer à CCJ. A audiência será marcada para 19 ou 26 de junho

O presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre, anunciou que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, quer prestar esclarecimentos à Comissão de Constituição e Justiça sobre as “notícias amplamente veiculadas na imprensa relacionadas à Operação Lava Jato”.

Em publicação no Twitter, nesta terça-feira (11), Alcolumbre afirmou que o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), conversou com Moro sobre esta participação.

Bezerra manifestou, ainda, confiança em Moro e disse que a audiência será uma “oportunidade para que ele demonstre a sua lisura e correção como juiz federal”.

Alcolumbre aprovou a decisão do ministro: “nós temos que aguardar com muita cautela e responsabilidade o desenrolar dos próximos passos em relação a essas notícias antes de tomar as decisões. A vinda do ministro Moro será, sem dúvida, uma oportunidade para os senadores terem acesso a todas as repostas que julgarem necessárias”, disse o Senador pelo Twitter.

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), líder do governo no Congresso, disse que o ministro da Justiça também negocia um depoimento à CCJ da Câmara.