Enfermeira e amigos doam 900 metros de TNT

768

Profissional da UTI, Silvia Bocalon, fez campanha para ajudar a Santa Casa a combater a pandemia.

Já dizia o filósofo Confúcio: “Escolha um trabalho que você ama e você nunca terá que trabalhar um dia sequer na vida”. Essa frase representa o que a carreira significa para muitos. Mais do que obrigação, sentimento de pertencimento. Maior do que qualquer responsabilidade, paixão pelo o que faz.

A enfermeira da Santa Casa, Silvia Bocalon, tem muito orgulho da profissão. Ela atua na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Instituição e, em tempos de pandemia do Coronavírus, se dedicou além da assistência hospitalar para os pacientes, pensando também em seus companheiros de serviço.

Silvia fez uma campanha para colaborar com a confecção de equipamentos de proteção individual (EPIs). “Um dia, notei a quantidade que utilizamos destes itens. Dormi pensando nisso, se seria suficiente o que temos. Quando acordei, entrei em contato com alguns amigos pedindo doações”, contou.

Quem tem parceiros, possui tudo! Com poucas ligações, a colaboradora arrecadou dinheiro suficiente para a aquisição de 900 metros de TNT. “Foi uma ajuda minha e de amigos. Entreguei essa colaboração para que o Hospital faça aventais de paramentação para atendimentos da COVID-19”, complementou.

O provedor da Santa Casa, Luiz Fernando Góes Liévana, elogiou a iniciativa. “O amor e a solidariedade são maiores do que qualquer vírus. Temos recebido manifestações de apoio, que nos enchem de incentivo no combate à pandemia. Quando se trata de ações de nossas equipes, o sentimento de orgulho é ainda maior. Agradecemos imensamente Silvia, que notou uma necessidade da Instituição e foi atrás de solução. Nosso muito obrigado em nome dos demais colaboradores e dos pacientes. Juntos vamos vencer essa batalha!”, finalizou.